AveSui
16/04/2012 09:52 - Atualizado em 20/04/2016 14:43
Empresas

Agroceres Multimix defende nutrição customizada para melhorar atendimento e rentabilidade no campo

Pacotes tecnológicos e serviços customizados de acordo com a necessidade de cada granja é a solução da Agroceres Multimix para minimizar o impacto do elevado patamar de custos de produção da avicultura e da suinocultura e melhorar a rentabilidade do produtor. Na Agroceres, uma equipe de nutricionistas altamente capacitados formula dietas específicas para o rebanho de acordo com a disponibilidade de matérias-primas de cada produtor. “Cada propriedade tem necessidades e exigências específicas e o nosso papel é garantir a lucratividade do cliente”, defendeu o Diretor de Marketing Corporativo do Grupo Agroceres, Vitor Vanetti de Araújo, durante a AveSui 2012, que aconteceu no Expo Center Norte, em São Paulo.

Os produtos especiais atingem hoje cerca de 50% das vendas da empresa. “Nossa equipe de campo faz um levantamento de quais matérias-primas o produtor tem acesso com a melhor relação custo-benefício. Depois os nutricionistas estudam a viabilidade de aproveitá-las formulando uma dieta específica com estes ingredientes. São produtos desenvolvidos especialmente para cada produtor”, explica o executivo.

Ele defende este atendimento personalizado como uma das tendências mais fortes do setor. O patamar mais elevado dos custos das principais commodities agrícolas exige inovação do mercado e estratégias nutricionais bem direcionadas podem garantir maior rentabilidade no campo, já que a nutrição representa cerca de 75% dos custos de produção de suínos e aves.

Novas demandas, nova fase
Esta característica marca a nova fase do posicionamento do Grupo Agroceres, fundamentada na sua sólida estrutura que está capacitada e adaptada às necessidades do mercado brasileiro, o seu histórico diferencial em tecnologia e pesquisa, o elevado nível técnico do atendimento customizado e, fundamentalmente, nos resultados econômicos dos seus clientes. Estas mudanças são as propostas de valor que a empresa apresenta para as novas exigências do produtor moderno. “Existe uma nova Agroceres que está muito melhor estruturada, mais rentável, e melhor posicionada. Esta mudança é a evolução da marca. Estamos crescendo em várias áreas sinérgicas ao nosso negócio”, declara Vanetti.

Inovar em soluções tecnológicas, qualidade de produtos e serviços, desenvolvimento de pesquisas e testes em campo para cada cliente faz parte do dia-a-dia da empresa. “Nosso negócio é transformar a melhor tecnologia disponível em produto e serviço com garantia e consistência para o produtor”, ressalta.

Ele defende que conseguir este nível de atendimento exige que a empresa conheça a fundo todas as necessidades e exigências do cliente para poder se antecipar a elas. “Desenvolver novas tecnologias que um determinado produtor precisa e que ainda não estão disponíveis é uma nova necessidade do mercado e é isso que oferecemos a ele. Para isso é preciso trabalhar com pesquisa e desenvolvimento, ter uma estrutura técnica e administrativa altamente capacitada e apresentar os melhores resultados econômicos aos produtores”.

Tradição
Estar a quase 70 anos crescendo no mercado brasileiro é tarefa que poucas empresas conseguem cumprir. O país tem uma das cargas tributárias mais elevadas do planeta, entraves logísticos e ainda superou uma série de crises macroeconômicas até atingir a estabilidade atual.

O Grupo Agroceres completa 66 anos em 2012 com parceiros nacionais e internacionais de transferência de tecnologia, é responsável por cerca de 40% da genética de toda a carne suína produzida no país, é líder de mercado em vários setores das suas cinco unidades de negócio e ainda tem perspectivas de crescimento maior. Para  ilustrar esse crescimento, a empresa anunciou três aquisições nos últimos 18 meses.

“Vamos continuar no caminho do fortalecimento de cada uma das nossas unidades de negócios, principalmente com projetos agressivos de crescimento orgânico, como é o caso dos negócios de insumos para produção de proteína animal: a Agroceres Multimix (nutrição animal) a Agroceres PIC (genética de suínos) e a Biomatrix (semente de milho e sorgo). Temos capacitações diferenciadas e vamos usa-las como plataforma para continuarmos expandindo”, declarou o presidente do Grupo Agroceres, Fernando Pereira.

Assessoria de Imprensa Agroceres
Deixe seu Recado
Cadastre-se e receba em seu e-mail as últimas notícias do setor gratuitamente.
Existem campos que requerem sua atenção!
Enviando...
E-mail cadastrado com sucesso!!! Você receberá nossos próximos boletins diários.
Acesse www.aviculturaindustrial.com.br/assine e faça a assinatura da revista impressa Avicultura Industrial