Basf
05/02/2010 09h33 - Atualizado em 20/04/2016 02h40
Entidades

Câmara Setorial da Carne

A Bahia, detentora do maior rebanho bovino do Nordeste, (e sexto no ranking nacional), com cerca de 10,5 milhões de cabeças; do maior rebanho de caprinos do País, com 4,5 milhões; do segundo rebanho nacional de ovinos, com quase 3 milhões de cabeça, e com o rebanho suíno e a produção de aves em crescimento, tem agora a Câmara Setorial da Carne, organizada nesta quinta-feira, no auditório da Secretaria da Agricultura, em solenidade presidida pelo secretário Roberto Muniz..

“Estamos inaugurando um novo tempo, organizando o setor para, além de atender as exigências internacionais para a exportação, trazer benefícios para nosso Estado”, disse Muniz. Além do segmento bovino, a câmara reúne os setores da suinocultura, bubalinos, caprinos e ovinos e a avicultura.

“Juntos somos fortes. Estamos criando uma câmara forte, que vai trabalhar visando o desenvolvimento do setor, criando as condições para alcançarmos o mercado internacional”, disse Almir Lins, presidente da Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos da Bahia, ACCOBA, lembrando que outros estados, como Alagoas, Pernambuco Paraíba Ceará e Espírito Santo já demonstraram desejo de seguir o modelo de desenvolvimento adotado pela Bahia.

“No ano passado, o governo do Estado, através da Seagri, distribuiu quase 40 caprinos e ovinos a famílias de agricultores familiares de 125 municípios do semi-árido, garantindo o crescimento e a melhoria genética dos rebanhos. Foi a melhor coisa que podia ter acontecido”, disse Lins, acrescentando que o desempenho baiano já garantiu, para a Fenagro 2010, a realização de duas exposições nacionais de caprinos e ovinos das raças Santa Inês e Anglo Nubiano.

A Câmara Setorial da Carne é constituída por representantes da Seagri, Adab, EBDA, Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração, Universidade Federal do Recôncavo, Desenbahia, FAEB, Associação Baiana de Avicultores, Associação Baiana de Suinocultores, Associação de Criadores de Caprinos e Ovinos da Bahia, Associação Baiana e Criadores e Sindicato da Carne.

A instalação da Câmara Setorial da Carne foi um dos resultados práticos do grupo de trabalho organizado em setembro do ano passado, quando a Seagri reuniu representantes de elos das cadeias contempladas pela câmara visando montar a estrutura necessária para a exportação do boi em pé e da carne.

De acordo com Raimundo Sampaio, superintendente de Desenvolvimento Agropecuário da Seagri, SDA, “a Câmara Setorial da Carne tem como finalidade assessorar o secretário da Agricultura e demais dirigentes de órgãos afins, na formulação da Política do Agronegócio para o setor, definindo diretrizes e avaliando os resultados das ações a serem implementadas”.

Ele explica que a Câmara Setorial da Carne foi criada num formato inovador, integrando os diversos setores de carne, que formarão três câmaras temáticas: bovinos/bubalinos, caprinos/ovinos e aves/suínos. As discussões técnicas que ocorrerão nas câmaras temáticas serão encaminhadas à Câmara principal para ser referendadas.

Dentre as ações da câmara destaca-se a colaboração na identificação das prioridades a serem estabelecidas para o desenvolvimento da cadeia produtiva da carne, fazer gestões junto aos órgãos responsáveis pela implementação de ações que afetem a produção de aves, suínos, bovinos, bubalinos, caprinos e ovinos, de forma a adequá-las às necessidades específicas e orientar a realização de programas de pesquisas, geração e difusão de tecnologia, estimulando e recomendando a cooperação técnica pública e privada.

O secretário Roberto Muniz enfatizou que “estamos construindo uma política pública de Estado para dar sustentabilidade e segurança a este importante setor da agropecuária, que trará impactos positivos na economia do Estado e dos municípios”. O secretário lembrou ainda que a agricultura familiar é responsável por 50% da pecuária baiana e que as medidas que estão sendo adotadas vão beneficiar este segmento.

Jornal Feira Hoje
Deixe seu Recado
Cadastre-se e receba em seu e-mail as últimas notícias do setor gratuitamente.
Existem campos que requerem sua atenção!
Enviando...
E-mail cadastrado com sucesso!!! Você receberá nossos próximos boletins diários.