Basf
25/10/2011 08h43 - Atualizado em 20/04/2016 02h42
Outras aves

SC busca exportação de pato para UE

Com uma exportação atual de 72 mil toneladas por ano apenas para o Mercosul, a Vila Germânia, de Indaial, maior exportadora catarinense de carne de pato, busca expandir seu mercado para a União Européia já no próximo ano.

O início das tratativas com o Ministério do Desenvolvimento da Indústria e Comércio Exterior começou na quinta-feira, quando o secretário de Articulação Nacional, Acélio Casagrande, e os consultores da secretaria de Assuntos Estratégicos do Governo do Estado, Fabiano Baggio e Hironildo Pereira Filho, se reuniram com o analista de Comércio Exterior da casa, Luís Henrique Oliveira, e o coordenador Geral de Acordos Extrarregionais, João Augusto Baptista Neto.

Conforme eles, o pedido de aumento da cota de exportação e tarifa zero para pato inteiro congelado e corte de pato congelado chega a tempo da negociação com a UE. Nos próximos dias, a solicitação deverá ser formalizada pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), com argumentos que o Ministério levará para a próxima troca de oferta com os países, prevista para meados de 2012.

A Tribuna
Deixe seu Recado
Cadastre-se e receba em seu e-mail as últimas notícias do setor gratuitamente.
Existem campos que requerem sua atenção!
Enviando...
E-mail cadastrado com sucesso!!! Você receberá nossos próximos boletins diários.