Basf AI
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Influenza Aviária

200 mil aves foram abatidas em Guiné, em risco de contaminação por gripe aviária H5N1

O país da África Ocidental relatou seus primeiros seis surtos de gripe aviária em 7 de junho, que matou um total de 120.478 aves

Redação com informações de Reuters
30-Jun-2022 09:05

A Guiné abateu cerca de 200 mil aves em risco de contaminação com a gripe aviária H5N1 altamente patogênica, comumente conhecida como gripe aviária, disse o ministro da Agricultura, Mamoudou Nagnalen Barry, nesta quarta-feira.

O país da África Ocidental relatou seus primeiros seis surtos de gripe aviária em 7 de junho, que matou um total de 120.478 aves. 

“Nossa preocupação é evitar que se espalhe para áreas onde a epidemia ainda não foi declarada”, disse Barry.

Os focos atuais foram contidos a cerca de 50 e 100 km da capital Conacri, nas prefeituras de Coyah e Forecariah, acrescentou.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade