Guia Gessulli
07-Fev-2018 14:49
Comentário

A importância da alimentação nos primeiros dias de alojamento - por Javer A. V. Filho

Especialista em Nutrição de Aves, Javer Alves Vieira Filho, da empresa Vaccinar Nutrição e Saúde Animal é o novo colunista do Portal Avicultura Industrial 

avicultura, fotos atualizadas ,
Avicultura
Na produção avícola, os primeiros dias de criação são os que requerem mais atenção por parte dos técnicos e produtores. No caso de frangos de corte, a primeira semana de vida corresponde a quase ¼ do período de criação e qualquer erro nessa fase pode comprometer os índices produtivos nas fases subsequentes. Já para poedeiras comerciais, a importância das primeiras semanas está em garantir o desenvolvimento dos sistemas que sustentarão a longevidade produtiva da ave. Dessa forma, podemos dizer que, tanto para frangos de corte como para poedeiras comerciais, o desenvolvimento corporal nos primeiros 7 dias de criação tem uma correlação muito alta com a produtividade dos lotes.

Depois da eclosão, os sistemas imune e digestivo são os que se desenvolvem de maneira mais acentuada, assim, estimular o consumo de alimento e água após alojamento é fundamental para garantir a funcionalidade desses sistemas. Quanto mais cedo a ave consumir o alimento, mais rapidamente acontecerá a diferenciação de enterócitos, aumento da motilidade intestinal, absorção e transporte de nutrientes e secreção de enzimas pancreáticas.

Nesse período, os animais possuem baixo consumo de alimento, alta taxa de deposição proteica e consequentemente maior exigência nutricional, por conseguinte, o desafio está em garantir que eles consumam as quantidades de nutrientes necessários para seu desenvolvimento. Para alcançar este objetivo os produtores devem direcionar para essa fase as dietas de melhor qualidade em termos de ingredientes e processamento, com atenção para ajustes de níveis nutricionais, granulometria e manejos de arraçoamento. Nos primeiros dias, o fornecimento de dietas pré-iniciais pode melhorar o aporte nutricional e ganho de peso, isso porque possuem níveis nutricionais mais ajustados e características físicas ideais para animais jovens. Além dos ajustes nutricionais, também é necessário adequar fatores relativos à ambiência, como iluminação e temperatura.

personalidades, fotos atualizadas ,
Personalidades
Em dietas para aves os principais processamentos utilizados são a peletização e extrusão, esses submetem os alimentos à alta temperatura e pressão, atuando de forma a quebrar as ligações entre nutrientes, principalmente amido e proteínas, tornando-os mais disponíveis e melhorando a digestibilidade das dietas. Além disso, esses processamentos reduzem a seleção de ingredientes por parte das aves, evitam o desperdício de ração, melhoram a apreensão, palatabilidade e durabilidade da dieta. Mesmo que os processamentos citados incidam sobre o custo com alimentação, os benefícios são compensatórios, já que a fase inicial é um período curto no qual as aves consomem pouco alimento.  

No atual cenário produtivo, é necessário que o produtor além de se atentar para as questões nutricionais (qualidade de ingredientes, alimentos alternativos, aditivos, relações entre nutrientes e processamento) também mantenha um controle rígido dos índices zootécnicos, principalmente, consumo de ração, ganho de peso e uniformidade do lote. Isso permitirá conhecer os gargalos de sua criação, fazer ajustes em momentos chaves, otimizar as formulações, garantido que os lotes atinjam o desempenho produtivo planejado.

Redação

Javer Alves Vieira Filho

Javer Alves Vieira Filho é Zootecnista e Especialista em Nutrição de Aves na Vaccinar - Indústria de Nutrição e Saúde Animal

Deixe seu Recado