Alltech AI
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Economia

Análise de Mercado: Preço do frango vivo sobe em SP, MG e ES e se mantém estável em SC e no PR

Última semana de julho teve aumentos discretos em três estados pesquisados e estabilidade em outros dois. No acumulado do mês, todos apresentaram alta

Redação AI
02-Ago-2021 09:02

O mês de julho foi de alta no preço do quilo do frango vivo nos principais estados pesquisados. Além do custo elevado da ração, os impactos da crise hídrica e o aumento da energia elétrica foram e seguem sendo motivo de preocupação para os produtores. Esses fatores devem seguir impactando o setor em agosto, segundo analistas.

Em São Paulo, a última semana de julho fechou com o preço do quilo do frango vivo em R$ 5,80 (alta de 3,57%). Já no comparativo com o mês de junho, a alta foi de pouco menos de 6%.

No Espírito Santo, o preço do quilo vivo também apresentou os mesmos dados, fechando em R$ 5,80 com alta de 3,57%. No comparativo com o mês de junho, a valorização foi de pouco menos de 7%.

Após duas semanas de estabilidade, Minas Gerais teve uma alteração discreta no preço do quilo de frango vivo de 1,69%, fechando julho com o valor de R$ 6,00. A alta no acumulado dos últimos 30 dias, foi de pouco mais de 9%.

Em Santa Catarina, o preço do frango vivo segue estável pela quarta semana consecutiva, fechando no dia 30/07, novamente em R$ 4,00. Entretanto, no acumulado dos últimos 30 dias a valorização foi de 14%, a maior dentre os estados pesquisados, mas, mesmo com o aumento, o estado segue ofertando os melhores preços.

Finalmente no Paraná, também pela quarta semana consecutiva, o preço do quilo do frango vivo se manteve o mesmo: R$ 5,50. No acumulado do mês, houve uma valorização de quase 6%.

,
Análise frango

Ovos

Nos três estados pesquisados na última semana de julho, as tendências foram distintas. Em Minas Gerais, o preço do ovo caiu 4,00%, fechando em R$ 120,00. Entretanto, no acumulado dos últimos 30 dias, houve um pequeno acréscimo de pouco mais de 1%.

Em São Paulo, a semana fechou em alta de 3,85% no preço do ovo, que foi para R$ 135,00. No acumulado dos últimos 30 dias, houve uma valorização de R$ 2,00.

Já no Espírito Santo, o preço do ovo não sofreu alteração e fechou em R$ 124,00. Mas no acumulado dos últimos trinta dias, a valorização foi de mais de 3%.

,
Análise ovos

Confira os gráficos completos clicando aqui.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade