Guia Gessulli
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Inspeção Federal

Anffa diz que IN publicada pelo Mapa vai precarizar fiscalização agropecuária

A medida, publicada em 3 de julho, transfere responsabilidades dos auditores fiscais federais agropecuários para carreiras de níveis médio e básico

Redação AI/SI
11-Jul-2019 08:38

A Instrução Normativa nº 12/19, publicada no dia 3 de julho pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), transfere atribuições técnicas da fiscalização para carreiras que não exigem ensino superior. O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical) divulgou nota afirmando que a decisão levará a problemas sanitários e comerciais, além de segurança dos alimentos inspecionados.

"Trata-se de uma tentativa de suprir a deficiência do quadro de auditores fiscais federais agropecuários (Affas) por meio da transferência de atribuições da fiscalização para agentes de atividades agropecuárias e para auxiliares operacionais agropecuários", conta o diretor de Departamento de Política Profissional do Anffa, Oscar Rosa.

A norma dispõe que as atividades de coleta de amostras fiscais, inspeção fitossanitária de mercadorias, apreensão e destruição de bens de interesse agropecuário sejam transferidas para servidores que possuem a mesma formação que o Auditor Fiscal. Segundo o sindicato a medida pode comprometer a segurança agropecuária brasileira e expor consumidores a produtos agropecuários sem uma avaliação correta de qualidade e sanidade.

"A carreira de auditor fiscal federal agropecuário exige, no caso da fiscalização de produtos de origem vegetal e insumos agrícolas, a formação profissional em Engenharia Agronômica", conta Rosa. "Esses profissionais são capacitados em tecnologia de alimentos e insumos agrícolas, sanidade vegetal, epidemiologia de pragas, estatística e outras matérias necessárias para a tomada de decisão fiscal quanto a regularidade dos produtos e insumos agrícolas", continua o diretor.

Já os servidores da carreira de agente de atividades agropecuárias e de auxiliar operacional agropecuário têm como requisito para entrada níveis médio e básico, respectivamente.  O sindicato afirma que as atividades de fiscalização transferidas pela IN 12/19 requerem conhecimentos de estatística, certificação fitossanitária internacional, entomologia, epidemiologia e comportamento de pragas, entre outras, que não são exigidas para ingresso desses servidores.

O sindicato também destaca  que a norma define que esses servidores deliberarão pela regularidade ou não dos envios, acionando os Affas caso entendam que há um problema. Logo, a avaliação e decisão original estão sendo transferidas para servidores sem a devida capacitação técnica. A instrução cita ainda que a atuação fiscal dos agentes e auxiliares será supervisionada por um auditor fiscal federal agropecuário, mas não define como a supervisão ocorrerá. Pode-se inferir que ela acontecerá de forma remota, não presencial, permitindo que os servidores das carreiras de nível médio e básico assumam atividades fiscais isoladamente e sem supervisão efetiva.

"Fica claro que a transferência das responsabilidades fiscais não será solução para os graves problemas de insuficiência de quadros no Mapa", afirma Rosa. "A medida trará como resultados imediatos a fragilização jurídica da atividade fiscal, o aumento do risco quanto à segurança da agropecuária e da qualidade dos produtos vegetais importados, bem como à exportações e competitividade brasileiras", finaliza.

Assuntos do Momento

20 de Setembro de 2021
Análise de Mercado

Preço do quilo frango vivo tem cenários diferentes nas principais praças

Segunda quinzena de setembro fechou sua primeira semana com contrastes no preço do frango vivo; em Santa Catarina ocorreu uma forte queda; já no Paraná, ligeira alta e nas demais praças houve estabilidade.

14 municípios do PR superam R$ 1 bilhão em Valor Bruto da Produção Agropecuária
23 de Setembro de 2021
Produção

14 municípios do PR superam R$ 1 bilhão em Valor Bruto da Produção Agropecuária

Produção no campo paranaense foi de R$ 128,273 bilhões, estabelecendo mais um recorde, com crescimento real de 21% em relação a 2019

Custos de produção de frangos de corte e de suínos ficam mais caros em agosto
21 de Setembro de 2021
Embrapa

Custos de produção de frangos de corte e de suínos ficam mais caros em agosto

Tanto o ICPFrango quanto o ICPSuíno voltaram a ficar acima da barreira dos 400 pontos, chegando aos 407,53 e 407,15 pontos, respectivamente

Preços do milho seguem tendências distintas entre regiões, mas recuos prevalecem
20 de Setembro de 2021
Insumos

Preços do milho seguem tendências distintas entre regiões, mas recuos prevalecem

De acordo com colaboradores do Cepea, a liquidez segue baixa, com muitos compradores ausentes do mercado – esses agentes sinalizam ter estoques, pelo menos para curto prazo, e estão à espera de novas desvalorizações

Suspensão PIS e COFINS para Importação de Milho
23 de Setembro de 2021
Posicionamento

Suspensão PIS e COFINS para Importação de Milho

A operação beneficia a toda a cadeia produtiva da avicultura e da suinocultura

Isolamento de Salmonella spp. de origem avícola
22 de Setembro de 2021
Análise Laboratoriais

Isolamento de Salmonella spp. de origem avícola

Galinhas infectadas com muitos dos sorovares de Salmonella podem albergar o agente sem apresentarem sinais clínicos, o que torna o isolamento desta bactéria um fundamento básico na prevenção da enfermidade, principalmente em seres humanos

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade