Roleste
11-Jan-2019 11:03
Mercado Interno

Ano inicia com preços dos ovos e frango em queda e diminui poder de compra do avicultor

Queda é típica do período devido a férias escolares e também a preferencia por outras proteínas nas festas de final de ano

Os preços dos ovos iniciaram 2019 em queda, devido à maior oferta do produto, típica de início de ano e também decorrente do crescimento da produção, e à menor demanda nesta época, por causa das férias escolares, com o maior volume disponível, produtores estão concedendo descontos para a efetivação dos negócios.

Assim, conforme os dados divulgados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), os preços praticados na parcial de janeiro estão abaixo dos observados em dezembro/18 e em janeiro/18. Até o dia 10, o ovo branco, tipo extra, foi negociado, em média, a R$ 46,65 por caixa de 30 dúzias a retirar em Bastos (SP), desvalorização de expressivos 28% frente a dezembro/18 e de 26% em relação ao mesmo período do ano passado, em termos nominais. Na mesma região, para o produto vermelho, tipo extra, o recuo foi um pouco menos intenso, mas também significativo, com queda de 22% frente a dezembro/18 e negócios a R$ 57,15/cx.

Na avicultura de corte, as recentes baixas nos preços do animal vivo estão atreladas à demanda enfraquecida por carne, tendo em vista que, na época das festas de final de ano, a procura acaba sendo mais aquecida para outras proteínas, como a bovina e suína. Com isso, a liquidez no mercado de cortes de frango esteve fraca, conforme analisam pesquisadores do Cepea, limitando a demanda de frigoríficos por novos lotes de animais vivos.

Este cenário reflete no poder de compra do avicultor, visto que tem pagado mais caro pelos insumos da alimentação, desafio que o setor vem enfrentando desde 2018. Isso deve melhorar nos próximos meses, visto que as próximas safras de milho e soja devem ser maiores, e no caso do milho excedente também deve crescer.

Redação AI/SI
Deixe seu Recado