Guia Gessulli
07-Fev-2020 10:33
Investimento

Apoio do BRDE reabre frigorífico em Umuarama

O projeto vai beneficiar cerca de 50 famílias de produtores rurais, que terão a oportunidade de investir na atividade avícola.

O governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, anunciou nesta quinta-feira (06/02), durante evento em Cascavel, investimentos na ordem de R$ 106 milhões por parte do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

Serão R$ 76 milhões destinados a cooperativas e indústria do setor do Estado e outros 30 milhões para reativar um frigorífico em Umuarama, na região Noroeste, com capacidade de abater 200 mil aves/dia, com abertura de cerca de dois mil novos postos de trabalho.

“São indústrias investindo e acreditando no Paraná, gerando emprego e riqueza no Estado. Esse investimento em Umuarama tem um caráter social fantástico. Vai ajudar a fomentar o comércio da cidade e a sustentar cerca de duas mil famílias”, ressaltou Ratinho Junior. “Nós atuamos como um Governo amigo de quem produz e cria emprego e renda”, completou.

O novo frigorífico de aves é resultado de uma parceria entre a C.Vale (Palotina) e Pluma Agroavícola (Cascavel). O grupo empresarial fechou o arrendamento do abatedouro da Averama (Umuarama). Desta fusão surge a marca PlusVal, que começa a operar ainda no primeiro semestre deste ano.

Um convênio entre o BRDE, Sicredi e Plusval permitiu a reabertura da unidade de abates. O projeto vai beneficiar cerca de 50 famílias de produtores rurais, que terão a oportunidade de investir na atividade avícola.

Serão destinados cerca de R$ 30 milhões para financiar investimentos dos produtores rurais na reforma e construção de aviários, que fornecerão matéria-prima para o frigorífico. “É o resgate de uma massa que vai trazer muitos benefícios para a cidade. São novos empregos, aviários, mais produtores se dedicando ao setor, levando desenvolvimento para a região toda”, destacou o presidente da C. Vale, Alfredo Lang.

COOPERATIVAS

Outros contratos assinados pelo BRDE nesta quinta-feira somam R$ 76 milhões em operações de créditos para cooperativas e agricultores paranaenses. De acordo com o diretor de Operações do BRDE, Wilson Bley, as operações fomentam o desenvolvimento e crescimento do setor agropecuário no Paraná, além de incentivar o cooperativismo e movimentar a economia, por meio das soluções de crédito do banco.

“São mais de R$ 100 milhões em novos contratos com apoio do BRDE. Ajudamos a transformar uma massa falida, gerando desenvolvimento para o Estado com a geração de muitos empregos”, afirmou o diretor.

Entre as beneficiadas estão a Coopavel Cooperativa Agroindustrial (Cascavel), Cooperativa Tradição (Pato Branco), Lar Cooperativa Agroindustrial Medianeira), Cooperativa Nova Produtiva (Astorga) e Agrocete Indústria de Fertilizantes (Ponta Grossa). “O BRDE é um grande parceiro, um banco de fomento que participa diretamente da vida das cooperativas”, disse Dilvo Grolli, presidente da Coopavel, que organiza o Show Rural.

RONDON 

Esse é o segundo frigorífico da Averama reativado no Paraná. Já foi retomada a produção da unidade de Rondon, também no Noroeste, por meio de uma parceria operacional com a Jaguafrangos, de Jaguapitã, que arrendou a unidade. A empresa havia paralisado as atividades em 2016, em plena crise econômica nacional.

A empresa começou a operar neste mês de novembro e já contratou 400 pessoas. A previsão é chegar a 1.500 a partir deste ano. A Jaguafrangos atua no mercado avícola há cerca de 30 anos. Já a Averama tem diversas atividades relacionadas à cadeia do frango em Rondon e Umuarama. Através do arrendamento, a Jaguafrangos assume um turno de abate de aves na unidade da Averama em Rondon.

 

Redação
Deixe seu Recado