Guia Gessulli
25-Nov-2019 11:11 - Atualizado em 26/11/2019 08:28
Mercado Externo

Após reabertura do mercado chinês, 172 plantas americanas são habilitadas a exportar aves

Lista foi publicada no portal do Serviço de Inspeção e Segurança alimentar do USDA

Com a suspensão da proibição de carnes americanas pela China, que estava em vigor desde 2015, o Serviço de Inspeção e Segurança alimentar do USDA (FSIS) publicou uma lista com 172 planta frigoríficas de aves aptas a exportar ao país asiático.

A liberação já havia sido anunciada anteriormente como parte das negociações comerciais entre os dois países, mas ainda não havia sido oficializada. Como parte do acordo com Washington, Pequim está se comprometendo em aumentar as compras de produtos agrícolas.

Saiba mais: Com fim do embargo, exportadores dos EUA poderão vender US$ 1 bi por ano para China

A medida ocorre em meio à epidemia da peste suína africana (PSA) que dizimou aproximadamente metade do plantel chinês de suínos. Com o avanço da doença, a China tem aumentado a importação de proteínas animais, em alternativa para abastecimento doméstico

De acordo com dados divulgados pelo USDA, os EUA são o segundo maior exportador de carne de frango e produtos avícolas do mundo. No último ano, as exportações do setor geraram receita de US$ 4,3 bilhões.

Caroline Mendes /Redação AI
Deixe seu Recado