Guia Gessulli
12-Mar-2018 15:50
Mercado

Arábia Saudita pede explicações sobre Operação Trapaça

Ao todo, dez mercados aguardam respostas mais detalhadas do governo brasileiro

Maior comprador de carne de frango do Brasil, a Arábia Saudita pediu nesta sexta-feira (09/03) explicações ao governo brasileiro sobre a terceira fase da Operação Carne Fraca, realizada pela Polícia Federal nesta semana. O país importou pouco mais de US$ 1 bilhão de carne de frango congelada, incluindo miúdos, no ano passado.

Agora são dez os mercados que aguardam respostas mais detalhadas do governo brasileiro sobre o esquema de fraude em que laboratórios privados forneciam laudos técnicos negando a existência de salmonela a frigoríficos. Os demais são União Europeia, Hong Kong, Egito, Ucrânia, Japão, Chile, Argentina, China e Coreia do Sul.

Apesar da cobrança por maiores detalhes a respeito da operação da Polícia Federal, nenhum mercado decidiu proibir as importações da carne brasileira.

As investigações demonstraram, segundo a PF, que setores de análises da BRF e cinco laboratórios credenciados pelo Ministério da Agricultura fraudavam resultados de exames em amostras do processo indústria. O objetivo era diminuir os níveis da bactéria salmonela, que impediriam a exportação dos produtos para mercados externos de controle mais rígido. A empresa informa que nenhuma das frentes de investigação diz respeito a algo que possa causar dano à saúde pública.

O Globo
Deixe seu Recado