Guia Gessulli
05-Dez-2018 10:26
Sucessão

Associação Brasileira do Agronegócio elege nova diretoria

O engenheiro de alimentos Marcello Brito assumirá, em janeiro de 2019, a presidência da ABAG - Associação Brasileira do Agronegócio substituindo Caio Carvalho

A Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG) elegeu na segunda-feira (03/12) a nova diretoria que assume a entidade a partir de janeiro de 2019. A ABAG, que nos últimos sete anos foi comandada pelo engenheiro agrônomo Luiz Carlos Corrêa Carvalho (Caio), passará a ter como presidente, o engenheiro de alimentos Marcello Brito. Formado pelo Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos, com especialização no Palm Oil Research of Malaysia de Kuala Lumpur, Brito possui experiência de 30 anos como executivo do segmento de óleos vegetais e atualmente é diretor executivo do Grupo Agropalma.

A nova diretoria assume uma associação que passou por importantes transformações, desde sua fundação, há 25 anos, ganhando prestígio e importância em várias instâncias onde atua. Mais moderna, a associação incorporou diversos conceitos fundamentais para o desenvolvimento e crescimento do agronegócio brasileiro. Entre outras ações adotadas nas últimas gestões, destaca-se a criação de 12 comitês temáticos encarregados de debater ações em assuntos transversais como, por exemplo, logística e sustentabilidade, que são relevantes para a atualidade e o futuro do segmento.

Um dos objetivos da nova diretoria da ABAG, que terá um mandato de três anos, é estimular e incrementar iniciativas como essas, no sentido de manter a entidade consolidada como uma das mais representativas do agronegócio brasileiro. Esse, aliás, era o objetivo inicial do idealizador da ABAG, Ney Bittencourt de Araújo ao criar um movimento que resultou na sua fundação, em 1993. Visionário e apaixonado pela agricultura brasileira, Bittencourt traçou com lucidez algumas perspectivas para entidade lançando as bases do conceito de formação das chamadas cadeias produtivas do agronegócio.

Foi seguindo os preceitos do fundador que outros presidentes que o sucederam na direção da ABAG criaram, por exemplo, o Congresso Brasileiro do Agronegócio, evento que se tornou ícone do debate sobre os grandes temas do futuro do setor no Brasil e que já está encaminhando para sua 18ª edição a ser promovida em agosto de 2019. Reunindo anualmente aproximadamente 900 participantes entre executivos, lideranças setoriais do agro, gestores públicos, empresários e pesquisadores, o Congresso da ABAG representa a vanguarda do debate sobre os caminhos da agricultura no Brasil e no mundo.

Vale acrescentar ainda que a ABAG é uma das fundadoras e sócia da Agrishow, uma das mais importantes feiras mundiais do agronegócio. Também tem sido promotora de eventos, como fóruns, ciclos de debates, tendo participado de grandes encontros nacionais e internacionais relacionados com o agronegócio, sustentabilidade e desenvolvimento tecnológico no segmento.

 

Redação AI/SI
Deixe seu Recado