Banner AI - Cobb
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Análise

Aves: mercado global deve ter ano desafiador, aponta Rabobank

Medidas restritivas para conter a pandemia da Covid-19 e também a autossuficiência de players importantes  tem deixado o mercado mais competitivo

Redação
31-Mar-2021 10:56

De acordo com relatório divulgado pelo Rabobank, embora nota-se  alguma recuperação nos mercados regionais em todo o mundo, o comércio global de aves permaneceu muito competitivo no primeiro trimestre de2021. Isso reflete as restrições relacionadas à Covid-19 em serviços de alimentação e viagens (turismo) nos principais países importadores da Europa, Oriente Médio e Ásia. Além disso, outros importadores importantes, como África do Sul, Arábia Saudita e Cazaquistão, estão mudando para uma maior autosuficiência em programas de segurança alimentar.

Dados do relatório mostram que o comércio global caiu no quarto trimestre de 2020, assim como no terceiro trimestre de 2020, em 4%. Os preços de peito, carne processada e pés de frango caíram 22%, 11% e 10%, respectivamente, no 4º trimestre de 2020, enquanto os preços das pernas e frango inteiro se estabilizaram após cair no 3º trimestre de 2020. Os preços no 1º trimestre de 2021 continuaram diminuindo ligeiramente , exceto para as pernas dos EUA, que aumentaram, impulsionadas pela forte demanda local de aves.

Neste ambiente de mercado competitivo, os analistas veem mudanças nos fluxos de comércio.  A UE e a Ucrânia viram desafios devido a casos de Influenza Aviária, enquanto a Rússia agora enfrenta restrições ao comércio com a China para algumas plantas de exportação devido a preocupações com a Covid-19.

Segundo o banco, a indústria avícola dos EUA foi a vencedora no quarto trimestre de 2020, com um aumento de 4% nas exportações. A expansão do comércio com a China e o México foi particularmente importante. Por outro lado, a UE viu uma queda nas exportações no quarto trimestre, de 5%, devido a restrições relacionadas à IA. Brasil e Tailândia mantiveram seus volumes de exportação, amparados por concessões de preços. Exportadores de segundo nível, como Rússia e Turquia, tiveram um crescimento altista nas exportações, de 36% e 16%, respectivamente, no quarto trimestre.

O relatório aponta que as perspectivas para o comércio seguirão as perspectivas do mercado global, com algum atraso. A recuperação do serviço de alimentação é fundamental, já que a maioria dos produtos vendidos no comércio geralmente é distribuída através do serviço de alimentação. O atraso na recuperação do mercado está relacionado aos níveis de estoque, que estão diminuindo gradativamente, principalmente no Japão.

Para os analistas do Rabobank, isso ajudará os fluxos de comércio global e os preços a se recuperarem gradualmente no final deste ano, com o comércio mais forte no curto prazo provavelmente para países com preços elevados como México, Filipinas, China e Japão e, quando os mercados locais se recuperarem, melhorará o comércio com a UE e no Reino Unido. A posição competitiva dos EUA permanecerá forte no 1S, mas a Rússia pode se beneficiar do suporte de preço vindo indiretamente dos impostos sobre grãos no país. A UE recuperará gradualmente a sua posição no mercado quando a pressão da IA ??reduzir no verão e as restrições comerciais associadas forem levantadas pela maioria dos países.

Assuntos do Momento

Brasil recebe autorização da Anvisa e poderá produzir até 400 milhões de vacinas em 90 dias
22 de Abril de 2021
Saúde

Brasil recebe autorização da Anvisa e poderá produzir até 400 milhões de vacinas em 90 dias

O próximo passo é buscar a transferência de tecnologia para dar início à produção dos imunizantes

16 de Abril de 2021
Cooperativa

Em entrevista, CEO da BRF diz que será preciso criar carne a partir de células de animais

Lorival Luz, CEO global da BRF, deu entrevista para UOL sobre tendências e perspectivas da marca

São Salvador Alimentos passa a fabricar produtos industrializados de frango com projeto Marel
20 de Abril de 2021
Mercado

São Salvador Alimentos passa a fabricar produtos industrializados de frango com projeto Marel

O projeto atenderá duas linhas de produção: os embutidos e empanados

BRF consolida a inovação como pilar de transformação e desenvolvimento sustentável
20 de Abril de 2021
Mercado

BRF consolida a inovação como pilar de transformação e desenvolvimento sustentável

Companhia dobrou investimentos em Inovação e P&D nos últimos dois anos e a intenção é aumentar ainda mais em 2021

A diferença entre os preços de ovos brancos e vermelhos é recorde
19 de Abril de 2021
Cotação

A diferença entre os preços de ovos brancos e vermelhos é recorde

Os valores dos dois tipos de ovos estão em alta, impulsionados pelas vendas aquecidas

Evonik faz investimento complementar na In Ovo em apoio ao lançamento da máquina para teste de  sexagem em ovos
20 de Abril de 2021
Mercado

Evonik faz investimento complementar na In Ovo em apoio ao lançamento da máquina para teste de sexagem em ovos

Startup atinge o estágio de comercialização de sua tecnologia. Determinação rápida e confiável da sexagem de embriões dentro do ovo agora é possível em escala. Tecnologia permite aos produtores de ovos evitar o descarte de pintos machos, procedimento que será proibido na Alemanha a partir de 2022

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade