Guia Gessulli
02-Abr-2012 16:17 - Atualizado em 20/04/2016 14:43
AveSui 2012

AveSui: Crise pode reduzir protecionismo europeu

A crise financeira internacional e, o consequente endividamento dos países da eurozona, deve obrigar o bloco a repensar sua política de subsídios agrícolas. Isso na prática deve significar redução do protecionismo europeu. A opinião é do economista José Roberto Mendonça de Barros, diretor da MB Agro. De acordo com ele, as medidas de austeridade fiscal adotadas pelos países europeus para combater a crise vai obrigá-los a rever sua política protecionista. “A política de protecionismo agrícola na Europa é caríssima e não faz muito sentido. Seus resultados são muito modestos”, afirma Mendonça de Barros. “E neste momento está ficando cada vez mais difícil eles [europeus] manterem essa posição, até por falta de recursos econômicos”, completa.

Segundo Mendonça de Barros, se de fato acontecer, a redução do protecionismo agrícola europeu beneficiará vários setores do agronegócio brasileiro. Atualmente vários produtos com valor adicionado sofrem algum tipo de taxação para entrar naquele mercado. “A revisão da política de subsídios agrícolas na Zona do Euro, e a consequente queda do protecionismo europeu é uma das coisas boas que podem sair dessa crise financeira por qual passa a Europa”, comenta.

Mendonça de Barros foi um dos palestrantes do Painel Conjuntura, realizado na manhã de hoje (02/04), na Avesui América Latina.  Maior evento das cadeias produtivas de aves e suínos da América Latina, a AveSui segue com intensa programação até quarta-feira (04/04).

Redação Avicultura e Suinocultura Industrial, de São Paulo
Deixe seu Recado