Mayekawa
12-Dez-2018 08:38
Qualificação

Aviagen realiza I Escola de Incubação da América Latina

Escola foi projetada para fornecer as ferramentas necessárias para o manejo ideal de incubatório, resultando em melhor eclodibilidade, qualidade do pintinho e desempenho das aves

A Aviagen® América Latina sediou com sucesso sua primeira Escola de Incubação para clientes. Durante a semana de 23 a 30 de Novembro, a equipe de suporte a incubatórios da Aviagen recebeu 37 clientes de toda a América do Sul excluindo o Brasil (SAEB) e América Central, México e Caribe (CAME) em Bogotá, na Colômbia. A escola foi projetada para fornecer as ferramentas necessárias para o manejo ideal de incubatório, resultando em melhor eclodibilidade, qualidade do pintinho e desempenho das aves.

Atingir condições ambientais ideais, fertilidade e desenvolvimento embrionário, alimentação após incubação, vacinação, biossegurança e outros temas de manejo foram explorados detalhadamente durante o evento. Para reforçar os conceitos aprendidos, o evento equilibrou a aprendizagem em sala com demonstrações práticas.

As sessões foram conduzidas por especialistas em incubação, incubatórios e manejo da Aviagen, universidades e da indústria avícola.

“A Aviagen segue comprometida em compartilhar as mais recentes práticas de manejo com seus clientes na América Latina, promovendo o sucesso e ajudando-os a obter o máximo potencial genético de seus lotes. Esse evento foi um grande começo para outras escolas que estão por vir”, disse Fabio Carnevale, gerente de marketing da Aviagen na América Latina.

Oportunidade para praticar e compartilhar

Um destaque para os clientes foi a construção de uma incubadora improvisada no primeiro dia do evento. Os clientes colocaram ovos férteis na incubadora e foram encarregados de monitorar e cuidar dos ovos durante a semana.

Outro benefício importante do evento foi a variedade de oportunidades, tanto durante as sessões quanto nas atividades sociais, para troca de ideias e experiências com outros clientes e especialistas do setor.

Visão geral dos organizadores

A Dra. Dinah Nicholson, gerente global de Desenvolvimento e Suporte a Incubatórios da Aviagen, explicou o objetivo da primeira escola de incubação da América Latina: “Projetamos a Escola de Incubação para ajudar os clientes a obter o melhor desempenho em seus incubatórios, o que pode ser alcançado com a correta compreensão em como atender às necessidades exclusivas do embrião em desenvolvimento.”

Jorge Amado, gerente de Serviços Técnicos CAME, comentou o entusiasmo demonstrado pelo evento. “Foi gratificante passar mais tempo com nossos clientes e ver o alto nível de envolvimento com esses importantes tópicos de incubação. O ambiente descontraído do evento também fomentou questões e boas discussões entre os participantes.”

“Nosso objetivo no evento era proporcionar a nossos clientes tudo que eles precisam para melhorar o desempenho de seus incubatórios, bem como a qualidade, saúde e bem-estar das aves”, acrescentou Osvaldo Bolinaga, gerente de Serviços Técnicos SAEB.

Boa repercussão dos clientes

"Desde a organização e qualidade das palestras, até o conhecimento e dedicação dos palestrantes, a escola foi uma experiência enriquecedora que me beneficiará pessoalmente e profissionalmente", comentou Fernando Aguet, da Las Camélias, na Argentina.

“Gostaria de expressar minha gratidão pela oportunidade em participar de um curso tão fantástico, que nos encoraja a continuar melhorando e inovando nossos processos de incubação. Estou confiante que todos os participantes levaram para seus países novas ideias e informações que resultarão em melhores processos e resultados para seus negócios, e estamos ansiosos para as futuras escolas da Aviagen na América Latina”, disse Pedro Cardona, da IP-CMI, na Guatemala.

"Este treinamento foi muito benéfico para nós e parabenizo a equipe da Aviagen pela excelente organização. As lições aprendidas nos permitirão voltar a trabalhar com uma nova abordagem, que melhorará nossos processos de incubação e maximizará nossos resultados", acrescentou Rafael Lozano, da San Marino, na Colômbia.

 

Redação AI
Deixe seu Recado