AveSui2021
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Revista Online

Avicultura Industrial: Os custos futuros desta pandemia

Está no ar a edição 1298 da Revista Avicultura Industrial

Redação
08-Jun-2020 10:51 - Atualizado em 08/06/2020 11:02

A economia em toda a América Latina sofreu um duro golpe com a pandemia causada pelo novo Coronavírus. A região já experimentava um crescimento aquém do esperado nos últimos cinco anos, motivado principalmente pelos menores patamares de preços da commodities, o maior motor das exportações latino-americanas. As desigualdades sociais, acompanhadas ainda pelos reflexos da crise econômica mundial de 2008, levou muitos países a registrarem protestos em massa de suas populações. As famílias viram suas rendas decaírem e a ascensão a classe média sofreu um forte recuo nestes últimos anos. Muitas famílias retornaram a seus patamares econômicos anteriores; muitas nem isso.

O Banco Mundial apontou um crescimento médio pífio da América Latina e Caribe em 2019, que fechou em 1,7%. Os resultados da região têm forte influência dos desempenhos econômicos de Argentina, Brasil e México. E ambas vêm registrando desacelerações ou quedas ao longo dos últimos anos. Junte-se a todo este cenário, o recente colapso nos preços do petróleo ocorridos neste ano e a forte disseminação do SARS-CoV-2 por toda a América Latina, com maior intensidade em alguns países. Entre eles, o Brasil e o México, tendo a Argentina estabelecido um melhor controle dos casos.

Uma previsão do Banco Mundial, feita em abril deste ano, indica um PIB negativo de 4,6% para a América Latina e Caribe, ressaltando que esta média não inclui a economia venezuelana. Os dois próximos anos apontam melhora, mesmo assim, com baixo crescimento médio. No caso brasileiro, a estimativa do Banco Mundial é de um PIB de -5% em 2020, projetando aumentos pouco significativos em 2021 e 2022, respectivamente, 1,5% e 2,3%.

AveSui2021_dentro

Quando olhamos diretamente para o agronegócio brasileiro, o cenário se mostra diferente. As exportações agro do país ganharam força – mesmo diante do cenário de pandemia - e tendem a crescer mais. Há necessidade de alimentos no mundo, e o Brasil é um dos principais produtores e fornecedores, tendo uma produção estruturada e com base tecnológica, além de mercados abertos para os seus produtos, principalmente na Ásia.

No entanto, a Covid-19 é uma questão de saúde pública mundial, com alto impacto na atividade econômica devido a sua rápida transmissão aliada a poucas alternativas eficazes de controle. As principais, o isolamento e o distanciamento social. É algo devastador para os sistemas de saúde dos países, que entram em colapso frente a enormidade de casos graves. Os países que adotaram medidas com base científica, encarando o problema com seriedade, informando e orientando corretamente sua população tendem a superar mais rapidamente esta situação. Infelizmente, este não tem sido o caso brasileiro, que vive um caos político e um governo pouco afeito à Ciência. Os setores modernos do agronegócio têm de estar atentos a isto em relação a seu futuro. O mundo precisa de alimento, mas para que as exportações sigam avançando, é preciso que o país exportador tenha credibilidade em todas as áreas e saiba se sentar à mesa para discutir desafios e implementar soluções. O que não parece ser característica do atual governo brasileiro.

 

Humberto Luis Marques

Editor Avicultura Industrial

Assuntos do Momento

Disponible en español Disponible en español
Câmara Uruguaia de Aves busca aumentar a produção, o consumo e a exportação de aves
05 de Março de 2021
Mercado Externo

Câmara Uruguaia de Aves busca aumentar a produção, o consumo e a exportação de aves

A Câmara Uruguaia de Processadores de Aves (Cupra) afirma ter interlocutores específicos para a avicultura no Ministério da Pecuária, Agricultura e Pesca (MGAP)

Disponible en español Disponible en español
Pilgrim's é multada em US$ 107 mi por definir o preço do frango
05 de Março de 2021
Cartel

Pilgrim's é multada em US$ 107 mi por definir o preço do frango

Um dos maiores produtores de frango dos Estados Unidos se declara culpado de fixar preços e é condenado a uma multa criminal de 107 milhões de dólares.

AveSui2021_dentro
Preço médio dos ovos em fevereiro é o maior da série
01 de Março de 2021
Ovos

Preço médio dos ovos em fevereiro é o maior da série

As cotações elevadas estão atreladas à menor oferta, principalmente de ovos maiores, uma vez que o setor intensificou os descartes das poedeiras mais velhas.

Nos EUA, alguns frigoríficos anunciam planos de vacinas, mas muitos trabalhadores ainda estão esperando
05 de Março de 2021
Internacional

Nos EUA, alguns frigoríficos anunciam planos de vacinas, mas muitos trabalhadores ainda estão esperando

Empresas dizem que o progresso precisa ser mais rápido depois que os surtos de coronavírus paralisaram matadouros e adoeceram milhares de trabalhadores

Conheça a trajetória de Deborah de Geus, finalista na categoria Mulheres Cooperadas
05 de Março de 2021
Prêmio Quem é Quem

Conheça a trajetória de Deborah de Geus, finalista na categoria Mulheres Cooperadas

Formada em Medicina Veterinária, possui forte participação em entidades de classe e comitês internos da cooperativa Frísia, colaborando com a melhoria da produção de outros associados

Embarques de carne de frango crescem em volume e receita, enquanto os de carne suína ficam abaixo do reportado em fevereiro de 2020
02 de Março de 2021
Exportação

Embarques de carne de frango crescem em volume e receita, enquanto os de carne suína ficam abaixo do reportado em fevereiro de 2020

A exportação de carne de aves e suas miudezas avançou 8,29% em receita; os embarques de carne suína totalizaram 18,71% menos em relação a fevereiro do ano passado

Mais assuntos do momento