Banner AI - Cobb
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
São Paulo

Balança comercial de SP registra déficit de US$ 4,7 milhões no 1º trimestre

O estado registrou déficit de 4.756,4 milhões de US$, aumento de 7,46%, em relação ao mesmo trimestre do ano passado

Redação
09-Jun-2021 09:15

A balança comercial registra as importações e exportações de bens entre os países. No primeiro trimestre de 2021, o estado de São Paulo apresentou déficit de 4.756,4 milhões de US$, ou seja, as importações (US$ 15.710,8 milhões) superaram as exportações (US$ 10.954,5 milhões). Em comparação ao mesmo período do ano passado, o déficit aumentou em 7,46%.

Segundo dados do Instituto de Economia Agrícola (IEA), as exportações do setor de agronegócio do estado de São Paulo foram de US$10,66bi e as importações de US$15,71bi. O decréscimo de 14%, na balança comercial dos Agronegócios Paulista, é resultado das complicações que a pandemia da COVID-19 trouxe aos comércios e indústrias paulista.

,
Gráfico - balança comercial São Paulo

No primeiro trimestre de 2021, os principais setores de exportação foram: Sucroalcooleiro (US$1,36bi, sendo que o Açúcar representou 86,1% e o Álcool 13,9%); Setor de Carnes (US$507,23bi, principalmente a bovina com 87,8%); Soja (US$438,08mi); Sucos (US$347,57mi, em especial o de laranja, com 97,2%); e Produtos Florestais (US$341,18mi). Os maiores compradores foram a China, União Europeia e Estados Unidos, locais com maior recuperação econômica.

Os principais produtos importados no setor de agronegócios foram: Papel (US$86,25mi), Trigo (US$79,07mi), além do Óleo de Dendê/Palma (US$65,97mi).

Portanto, além das dificuldades encontradas no mercado interno (conforme apresentado na análise da indústria, comércio e serviços), o resultado da balança comercial revela a continuidade do déficit registrado em 2020 (no acumulado do ano passado, o saldo foi de US$ -11.618,9 milhões), apesar do favorecimento da desvalorização do dólar, para as exportações, em especial do setor agrícola (conforme vimos na análise de inflação). A seguir, veremos, detalhadamente, os impactos nas estatísticas de emprego no estado de São Paulo.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade