Banner AI - Cobb
29-Mai-2020 09:13 - Atualizado em 29/05/2020 09:30
Destaques

Brasil aposta em novos padrões de segurança e a projeção para o PIB agro

Confira o que foi notícia esta semana em nossos portais

 

Brasil aposta em novos padrões de segurança para evitar o tipo de paralisia devido ao coronavírus que afetou frigoríficos nos EUA, causando escassez de carne e alta de preços. Segundo a Ministra Tereza Cristina O governo brasileiro planeja introduzir novas diretrizes nacionais que incorporem requerimentos de autoridades locais e procuradores do Trabalho. Os surtos de Covid-19 nos frigoríficos dos EUA levaram a uma onda de fechamentos que fez mais do que dobrar os preços de carne suína e bovina no país em abril. O CEO da BRF, Lorival Luz, afirmou nessa semana que no que depender da indústria de aves, suínos e alimentos processados como um todo, não há riscos de desabastecimento nos próximos meses no Brasil.

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada avalia que mesmo no pior cenário no âmbito do impacto da pandemia do novo coronavírus, o Produto Interno Bruto do agronegócio terá alta de 1,3% este ano. De janeiro a abril de 2020, os dados do comércio exterior da cadeia do agronegócio mostram aumento de 7%, em valor, comparado com igual período do ano passado. Já nas importações de insumos para agropecuária, a queda foi de 16% em valor no mesmo período.

O Grupo Vibra, um das principais produtores e exportadores de proteína de frango do país confirmou nesta semana a intenção de investir cerca de R$ 500 milhões no município de Soledade, na região norte do Rio Grande do Sul, até 2024. Em videoconferência entre os dirigentes da empresa e autoridades gaúchas a companhia anunciou oficialmente o investimento, que em quatro anos inclui a aquisição de unidade de abates da Somave na cidade, uma fábrica de ração, um incubatório industrial e mais de 250 aviários.

O Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China espera que a recuperação do plantel de suínos do país ganhe ritmo até o fim do ano, segundo comunicado divulgado no site da pasta. Em encontro com autoridades do setor produtivo e de instituições financeiras, o vice-ministro da Agricultura e Assuntos Rurais do país afirmou que a atual produção de suínos está mostrando uma tendência de desenvolvimento contínuo. O governo chinês destacou também que está discutindo com a Comissão Reguladora de Bancos do país medidas de apoio financeiro a produtores de suínos para recuperação do plantel doméstico.

Redação AI/SI
Deixe seu Recado