AveSui 2020
10-Mar-2020 11:49
Tecnologia

BRF anuncia 16 tecnologias com alto potencial de redução de desperdício e segurança dos alimentos

Selecionados farão apresentações para a companhia e investidores

A BRF apresenta as tecnologias selecionadas na primeira edição do “EMERGE Labs BRF”, programa de inovação da companhia, que atrai acadêmicos empenhados em criar soluções para redução de desperdício e segurança dos alimentos. A apresentação acontecerá no próximo dia 10 de março, em evento para convidados.

Com soluções nas áreas da agroindústria, qualidade, embalagem e ingredientes, existem tecnologias que vão desde a substituição do isopor e materiais semelhantes em embalagens até o reaproveitamento de resíduos agrícolas, com a possibilidade de transformá-los em ingredientes funcionais ricos em fibra.

“Com o apoio do corpo acadêmico, conseguimos nos aproximar de tecnologias de alto potencial que são promissoras para a BRF. Todas as ideias aumentarão as oportunidades e facilitarão o processo de absorção, além de potencializar a inovação de base científica da companhia”, confirma Sergio Pinto, diretor de Inovação da BRF.

Agora, a BRF e a Emerge receberão todos os integrantes das equipes selecionadas, além de investidores e acadêmicos, para um showcase. Após as apresentações, a BRF terá três meses para definição dos modelos de investimento e parceria.

“Vemos no Brasil uma produção científica muito relevante no cenário global, mas que precisa de auxílio para chegar ao mercado. Os desafios são diversos, como propriedade intelectual, transferência de tecnologia, regulatório e endereçamento de mercado para cada uma das soluções. Mas quando uma grande indústria como a BRF que acredita, investe e executa projetos de inovação com a academia, o caminho para levar a pesquisa da bancada até o mercado é catalizado, ganhando novos mercados e resolvendo grandes desafios”, complementa Lucas Delgado, diretor da Emerge.

No total, o programa recebeu 125 inscrições de universidades públicas e privadas de todas as regiões do país. Do total de selecionados, 84% dos participantes possuem mestrado e 67% dos integrantes das equipes possuem ao menos doutorado. Todas as tecnologias selecionadas apresentaram potencial para depósito de patente ou já possuem patente depositada.

Redação
Deixe seu Recado