Agroceres Multimix
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Parceria

BRF continua sua evolução digital com IBM Cloud para levar alimentos a milhões de consumidores

Continuando seu trabalho com a IBM, a empresa concluiu recentemente seu plano de recuperação de desastres com IBM Power Virtual Servers

Redação
02-Set-2021 12:46

A IBM anunciou hoje a próxima fase de seu trabalho de longa data com a BRF, uma das maiores empresas de alimentos do mundo1, para alavancar as capacidades de nuvem híbrida da empresa, para mais eficiência e flexibilidade em seu processo global de distribuição.

Enquanto a BRF continua sua jornada de nuvem híbrida, mais de 80% de suas cargas de trabalho responsáveis pela roteirização logística, controle e programação da produção de aves e suínos foram migradas para a nuvem. Agora, com a flexibilidade de um ambiente de nuvem customizado para suas necessidades, a companhia pode permanecer ágil e responder às demandas sazonais de distribuição de alimentos para os clientes em mais de 117 países em todo o mundo. Além do trabalho conjunto das empresas, a BRF concluiu recentemente seu plano de recuperação de desastres usando os recursos do IBM Power Virtual Servers, com suporte de altos níveis de segurança e resiliência para permitir a continuidade de seus negócios.

A indústria brasileira de alimentos e bebidas é a maior do país: representa 10,6% do PIB brasileiro2. Em 2020, as vendas de carnes aumentaram 13%3. Conforme a demanda cresce, a BRF continua investindo em uma tecnologia robusta para permitir a operação contínua de suas fábricas e processos logísticos. A adoção de uma solução de recuperação de desastres com IBM Power Virtual Servers, localizados na Multizone Region de IBM Cloud no Brasil, dá suporte à estratégia de longo prazo de migração de nuvem da BRF. Além disso, com a solução, a empresa pode estender suas cargas de trabalho e pagar por uso. Isso permite que a BRF sustente o crescimento de sua base instalada e realize atualizações de tecnologia para atender às necessidades do negócio, ao mesmo tempo em que administra os custos.

“Com mais de 80 anos de história, a BRF se tornou uma das empresas líderes da indústria global de alimentos, estabelecendo operações em cinco continentes. Nosso compromisso com uma solução de recuperação de desastres conectada à IBM Cloud nos permite continuar implementando os projetos de transformação digital mais inovadores do setor, apoiados na infraestrutura e serviços de IBM Cloud, que oferece altos níveis de resiliência e segurança de dados”, disse Alexandre Biazin, Gerente Executivo de TI da BRF. “Manter a alta disponibilidade e a agilidade de nossa operação é fundamental para que nossos produtos cheguem com a mais alta qualidade, do campo à mesa de milhões de consumidores”.

A empresa investiu fortemente em sua digitalização e iniciou sua jornada para a nuvem em 2015, quando contou com a expertise da IBM para realizar a integração de sistemas de empresas que havia adquirido na Europa e no Oriente Médio. No ano seguinte, foi realizada a migração das primeiras cargas de trabalho do Brasil e, desde 2016, a empresa tem trabalhado com a IBM para migrar cargas de trabalho para IBM Cloud, permitindo a integração de seus sistemas de missão crítica para suportar a expansão dos negócios internacionalmente.

“Em um mundo cada vez mais digital, cada segundo de inatividade é caro. Com IBM Power Virtual Servers, a BRF permite alta disponibilidade em caso de falha de qualquer servidor, criando um acesso mais confiável a qualquer uma das aplicações da empresa. Este é um grande passo do nosso trabalho conjunto para migrar cargas de trabalho de missão crítica da BRF para IBM Cloud, para continuar construindo um ambiente tecnológico resiliente que permita a continuidade dos negócios ”, explica Thiago Viola, Líder de IBM Cloud no Brasil. “Sem uma estratégia holística de transformação de negócios baseada na nuvem, como a da BRF, as empresas podem ficar expostas a potenciais interrupções - que podem representar grandes perdas de dinheiro e até penalidades. Mas, ao adotar uma abordagem de nuvem híbrida, esses riscos podem ser mitigados. Cargas de trabalho, dados e máquinas virtuais podem ser hospedados onde for necessário para criar um ambiente mais seguro de acordo com as regulamentações”, conclui o executivo.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade