11-Jul-2018 10:24
Cinco meses

BRF suspende temporariamente contratos de trabalho em Chapecó

A BRF informou que o layoff atinge aproximadamente 1.400 funcionários da linha de abate e processamento de frangos

A BRF adotou regime de layoff – suspensão temporária do contrato de trabalho – por cinco meses na unidade de Chapecó, em Santa Catarina. A medida, que foi aprovada em assembleia dos trabalhadores, deve começar em 29 de agosto. A BRF informou que o layoff atinge aproximadamente 1.400 funcionários da linha de abate e processamento de frangos, além de áreas ligadas ao processo.

Segundo comunicado da BRF, a unidade segue em funcionamento e deverá voltar a operar normalmente após este período. “Os investimentos destinados a melhorias locais serão mantidos e os termos contratuais vigentes serão honrados junto aos atuais integrados”, informou.

A decisão da companhia, que passa por reestruturação operacional e financeira, foi tomada em conjunto com o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Carnes e Derivados de Chapecó (Sitracarnes) e os funcionários.

O Sitracarnes informou que após apresentar a contraproposta negociada pelo sindicato, os trabalhadores presentes aprovaram a suspensão de contratos. “Diante da aprovação da categoria, o Sitracarnes assinará o Acordo Coletivo de Trabalho com a BRF”, disse em comunicado. Durante a layoff, os trabalhadores receberão uma bolsa auxílio no valor de 80% do seu salário paga pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Redação AI
Deixe seu Recado