Eurotec
07-Ago-2019 11:15 - Atualizado em 09/08/2019 08:38
Exportações

Carne de frango é o 5º produto mais exportado no acumulado do ano

No Ranking nas Exportações dos Produtos Básicos a proteína está na 4º posição         

As exportações de carne de frango in natura somaram US$ 3.690,13 milhões de janeiro a julho de 2019, registrando uma variação positiva de 12,5%. Em volume foram embarcadas 2.266.484 toneladas no período, com variação também positiva de 5%. Os dados são do Ministério da Economia, Indústria, Comércio Exterior E Serviços

O bom desempenho das exportações mantem a carne de frango na quinta posição no Ranking nas Exportações Totais de janeiro a julho, correspondendo a 2,84% das exportações totais. Já no ranking das exportações de produtos básicos a proteína ocupa a quarta posição e corresponde a 5,43% das exportações dos Produtos Básicos no período.

O maior comprador da carne de frango brasileira continua sendo a China que somada a Hong Kong receberam 22,7% de toda carne embarcada no período. Com os casos de Pesta Suína Africana no país os consumidores tem aumentando a procura por outras proteínas como a carne de frango. O crescimento de envios para China cresceram 40% na comparação com o mesmo período de 2018.

A Arábia Saudita vem na segunda posição com 13% dos embarques, seguido por Emirados Árabes com 9,8%, Coreia do Sul com 3,5%. África e Cingapura somam cada uma 2,9% do total exportado.

ai jan jul, ppe, notícias, fotos atualizadas ,
Fonte Secex

Entre os estados produtores o Paraná segue como maior exportador, sendo responsável por 39,1% da carne exportada. De janeiro a Julho o extado já soma US$ 1,44 bilhão e registra uma variação positiva de 13,1%.

Santa Catarina registrou uma variação de 17% no período e é o segundo maior exportador. O estado foi responsável por 33,1% do total embarcado, somando US$ 1,22 bilhão no período. Na sequencia vem Rio Grande do Sul com 11,4% de participação, São Paulo com 4,32% e Goiás com 3,73%

ai jan jul, ppe, notícias, fotos atualizadas ,
Fonte Secex
,
Fonte Secex

Caroline Mendes/Redação AIU
Deixe seu Recado