Guia Gessulli
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Internacional

China amplia fornecedores globais e pressionará países como o Brasil

O Brasil é um dos maiores fornecedores do gigante asiático, principalmente no mercado de carnes

Redação, com informações do Money Times
04-Nov-2020 11:17 - Atualizado em 04/11/2020 15:24

A China pode estar em busca de novos países para diversificar as origens de seu abastecimento interno. As medidas acontecem silencionamente, como forma estratégica de o gigante asiático não depender de poucos fornecedores e criar uma situação de dependência para todos esses. A informação é do Money Times, que avalia que o programa deve demorar.

A questão que se coloca, segundo o portal de notícias, é como os países que atualmente precisam da China para comprar seus excedentes – e excedentes desenvolvidos justamente para o destino asiático – vão se virar quando suas margens em volumes e faturamento começarem a ser corroídas pelos novos fornecedores? 

O Brasil é um dos maiores fornecedores do gigante asiático, principalmente no mercado de carnes. A avicultura brasileira é bem diversificada em termos de exportação, no entanto, o mesmo não se pode dizer do setor suinícola nacional. China e Hong Kong abocanham mensalmente mais da metade dos embarques brasileiros de carne suína. 

Nesse sentido, a notícia de que a China fez um acordo bilionário com o Vietnã para o vizinho incrementar sua produção de suínos chama a atenção. A carne é a preferida dos chineses, que veem seus estoques limitados devido à peste suína africana (PSA), que se encarregou de dizimar seu plantel e gerou a corrida para outras proteínas. E foi a base da explosão das importações de carne bovina do Brasil, além das de porco e de aves.

Conforme o Money Times, com a Argentina, o atual governo de Alberto Fernández acelerou vários acordos, inclusive com parte dos negócios bilaterais já sendo conduzidos em yuan, e promessas de investimentos no país. O vizinho brasileiro já era importante fornecedor à China, inclusive em soja, e tende a crescer sob a tutela de Pequim.

AveSui2021_dentro

Domesticamente, os chineses também têm programas para fazer crescer a produção de açúcar, soja e proteína animal, especialmente em suínos. O Rabobank estima que em 2025, salvo novo revés com a PSA, o rebanho chinês volte aos níveis do início de 2018, quando a doença se instalou. O crescimento já constante mês a mês em 2020 – 31% em 11 meses -, sobretudo na ponta estratégica de matrizes, ainda que no cômputo de 2020 ainda ficará 17% menor.

 

Assuntos do Momento

Presidente da Aurora fala sobre expansão da produção avícola, exportações e perspectivas para 2021
23 de Fevereiro de 2021
Live

Presidente da Aurora fala sobre expansão da produção avícola, exportações e perspectivas para 2021

Neivor Canton irá explicar o projeto de crescimento da avicultura da cooperativa em 20%, destacando ainda a expectativa de ampliar os embarques de frango e carne suína para a China em live às 10 horas no canal TV Gessulli

Fornecimento de ovos diminui na Polônia com crise da influenza aviária na UE
24 de Fevereiro de 2021
Europa

Fornecimento de ovos diminui na Polônia com crise da influenza aviária na UE

Cerca de 5 milhões de aves já foram abatidas na Polônia, o maior produtor de aves da União Europeia, mostraram os dados da inspetoria veterinária local.

AveSui2021_dentro
Produtora de carne de frango São Salvador Alimentos protocola pedido de IPO
25 de Fevereiro de 2021
Mercado

Produtora de carne de frango São Salvador Alimentos protocola pedido de IPO

Fundada há mais de quarenta anos, a empresa tem uma capacidade diária de abate de aproximadamente 520 mil aves e vende para mais de 23 mil clientes por mês no Brasil e em 38 países

 

Katayama Alimentos investirá  R$ 15 milhões em 2021
26 de Fevereiro de 2021
Economia

Katayama Alimentos investirá R$ 15 milhões em 2021

A indústria avícola teve incremento de 40% em seu faturamento de 2020 e anuncia para este ano um aumento do plantel de aves e aposta nas exportações para Ásia e Oriente Médio

Cobb destaca importância dos ângulos de viragem para melhor eclodibilidade e qualidade do pintinho
25 de Fevereiro de 2021
Dicas Técnicas

Cobb destaca importância dos ângulos de viragem para melhor eclodibilidade e qualidade do pintinho

Por Scott Jordan, especialista em Incubação e Serviços Técnicos da Cobb-Vantress

VBP do agro atinge R$ 1 tri em 2021; avicultura crescerá 22,5%
24 de Fevereiro de 2021
Crescimento

VBP do agro atinge R$ 1 tri em 2021; avicultura crescerá 22,5%

A estimativa do Ministério da Agricultura indica que o Valor Bruto da Produção na pecuária crescerá 5,1% neste ano, puxado por setores como frango, carne bovina e leite

Mais assuntos do momento