Banner AI - Cobb
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Mercado

China reformula ração para aves

Devido a dificuldade no fornecimento e alta nos preços dos grãos, a China reduz os volumes de milho e farelo de soja na ração para aves

Redação com informações de The Poultry
04-Mai-2021 10:28

O estoque de milho e soja da China começou a diminuir nos últimos meses, fazendo com que os preços dos grãos para ração disparassem. Para compensar a escassez, a China aumentou as importações de milho e encorajou os fabricantes de ração para aves a mudar para alternativas mais baratas. Muitos formuladores domésticos se voltaram para o trigo, que tem um teor de proteína maior do que o milho e a soja.

No entanto, as novas diretrizes da China podem não neutralizar a alta nos preços dos alimentos para animais nos próximos meses. De acordo com uma análise do All About Feed , o ministério da agricultura da China diz que as diretrizes esperam melhorar o uso de ingredientes crus disponíveis e criar uma ração para aves que seja feita sob medida para as condições econômicas e agrícolas da China.

Junto com a redução dos volumes de milho e soja, os formuladores de rações estão sendo incentivados a usar arroz, farelo de arroz, sorgo, cevada e mandioca como substitutos do milho. No lugar da soja, os formuladores estão sendo incentivados a usar farelo de algodão, farelo de amendoim, farelo de palma, farelo de gergelim, farinha de linhaça e grãos secos de destilaria.

 

Sugestões de formulação de ração

O ministério também forneceu algumas formulações de ração sugeridas dependendo da região do país. Em algumas regiões, é recomendado eliminar completamente o farelo de soja e substituí-lo por outras refeições.

Fontes da indústria disseram que seria difícil dar estimativas totais sobre quanto milho e farelo de soja exatamente serão cortados seguindo as diretrizes porque para algumas das dietas recomendadas o uso de milho é cortado, mas mais DDGs, proteína de milho energia e aminoácidos são sugeridos, que são feitos de milho.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade