Eurotec
12-Fev-2020 13:50 - Atualizado em 13/02/2020 08:29
Disponible en español
Tecnologia

Com investimento de US$ 1,3 mi, Uruguai inaugura primeiro sistema de "caixas pretas avícolas"

Sistema captura dados permanentemente em cada um dos dispositivos instalados e é operado por cada planta para indicar o início e o fim dos processos através da tela de toque

Com o objetivo inicial de monitorar a quantidade e o peso das aves, o primeiro sistema IIF-A (Cajas Negras Aves) foi inaugurado na terça-feira 11 nas instalações da empresa Valle Alegre, no Uruguai, para fornecer informações sobre os processos e melhorar o controle de produção e gestão de negócios. Este é o primeiro equipamento a ser colocado em um total de 8 plantas de abate que receberam um investimento de US$ 1,3 milhão. Participaram do evento o ministro Enzo Benech, o chefe do Instituto Nacional de Carnes (INAC), Federico Stanham e o futuro subsecretário, Ignacio Buffa.

O sistema apresentado foi projetado a pedido do Setor Avícola Uruguaio, representado no CUPRA, e criado oficialmente pelo Decreto 195/018 do MGAP. Com o objetivo inicial de monitorar a quantidade e o peso das aves, o INAC coordenou e administrou o convite aos fornecedores para o projeto do sistema que consiste em dispositivos de contagem e pesagem.

O sistema captura dados permanentemente em cada um dos dispositivos instalados e é operado por cada planta para indicar o início e o fim dos processos através da tela de toque. Durante o abate, cada contador e a balança armazenam os dados, que são armazenados e transmitidos diariamente ao INAC eletronicamente.

Dessa forma, o INAC garantirá o cumprimento do controle, vigilância e promoção com base nas informações recebidas. Com o novo sistema, dados objetivos e de qualidade estão disponíveis sobre o processo de abate que complementa as informações já fornecidas pelas plantas desde 2016. Dessa forma, o setor é colocado em um local privilegiado, permitindo aprimorar e alavancar seus próprios dados para lucro nos negócios

Os matadouros podem ter informações sobre os processos para melhorar o controle da produção e a gestão dos negócios.

A esse respeito, o ministro Benech disse que é uma contribuição significativa para a transparência dos negócios, fornecendo informações estatísticas e de análise. A instalação deste sistema significará uma mudança relevante na profissionalização do setor. Permitirá aprofundar ações para o desenvolvimento do setor avícola.

Redação AI/SI
Deixe seu Recado