Agroceres Multimix
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Tecnologia

Como adsorver micotoxinas na produção animal

Metabólico tóxico pode, inclusive, prejudicar a saúde e estimular inúmeras doenças às pessoas, alerta especialista

Redação, com informações Quimtia
09-Dez-2021 14:33

Uma das perguntas mais recorrentes entre os mais otimistas dos produtores é: o que é preciso fazer para adsorver ao máximo as temidas micotoxinas? De acordo com o coordenador de especialidades da Quimtia Brasil, empresa especializada na fabricação de insumos para nutrição animal, Jefferson Bittencourt, existem algumas alternativas efetivas que podem ajudar a impedir que a produção animal seja prejudicada pelo metabólico tóxico.

“Comprar grãos de boa qualidade e estocá-los em ambiente com boa ventilação, limpo, seco, sem presença de roedores e insetos, além de fazer o devido uso de adsorventes de micotoxina, são medidas importantes que podem melhorar consideravelmente a qualidade da produção animal”, comenta.

Segundo o coordenador de especialidades da Quimtia, fatores como a evolução tecnológica para a produção, armazenamento e distribuição dos alimentos, assim como para a identificação, prevenção e descontaminação das micotoxinas, tem garantido cada vez mais uma produção de alimentos de alta qualidade e com baixa contaminação.

As micotoxinas são substâncias produzidas por certas espécies de fungos em grãos que são essenciais para a produção de ração animal. Mesmo que elas possam contaminar praticamente todas as espécies, como ruminantes, equídeos, suínos, aves e peixes.

Preocupação do consumidor final

Para quem acha que as micotoxinas presentes nos organismos dos animais não chegam a afetar o bem-estar das pessoas, está enganado. Se alimentar de produtos contaminados pelo metabólico tóxico [micotoxinas] pode ser prejudicial também à saúde humana e estimular inúmeras doenças metabólicas.

Para Bittencourt, a ingestão de micotoxinas por seres humanos ocorre principalmente por meio do consumo de produtos e derivados que estão contaminados, como a carne, leite e outros. “A intoxicação pode acarretar no aparecimento de câncer, problemas gastrointestinais, renais e nervosos”, finaliza o especialista.

Assuntos do Momento

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade