AveSui2021
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Assine a Revista Revista Digital Anuncie
TvGessulli

DESTAQUES - Os números da carne de frango e da carne suína em 2021

Um resumo das principais notícias dos portais Avicultura Industrial e Suinocultura Industrial

Redação
11-Dez-2020 09:38 - Atualizado em 16/12/2020 09:31

A avicultura e a suinocultura brasileira devem continuar crescendo no ano que vem. Isso é o que mostram as projeções da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) para a carne suína, carne de frango e ovos em 2021, divulgadas nesta semana.

Com peso do consumo interno, o Brasil deve produzir 14,5 milhões de toneladas de frango no ano que vem. Isso porque a projeção é de um incremento no consumo doméstico entre 3% e 6,5%, chegando a 10,15 milhões de toneladas. Já os embarques podem chegar a 4,35 milhões de toneladas, um incremento de 3,6%.

A ABPA também divulgou os dados relativos a 2020. A entidade aponta que o país deve fechar o ano com uma produção de 13,8 milhões de toneladas de carne de frango. O montante representa incremento de 4,2% sobre 2019. O consumo interno deve ser o maior responsável pelo aumento da produção. Em torno de 9,6 milhões de toneladas tem o mercado doméstico como destino em 2020, o que representa alta de até 6,3%, em comparação com o ano anterior.

A produção brasileira de ovos deve crescer 5% em 2021 e fechar com alta de 9,1% em 2020, de acordo com a projeção da ABPA. Serão 53,533 bilhões de unidades produzidas, contra 49,055 bilhões do ano passado. Para 2021, a projeção é de 56,21 bilhões de unidades.

O incremento da produção foi absorvido pelo consumo doméstico, apontam os números da ABPA. Isso porque cada brasileiro deve consumir, em média, 250 ovos no ano. Um aumento de 8,7% em relação a 2029, quando o consumo per capita foi de 230 unidades.

AveSui2021_dentro

As exportações brasileiras de carne suína devem chegar a 1,030 milhão de toneladas em 2020, de acordo com a projeção da ABPA. O montante é 37% maior que em 2019, quando o país embarcou 750 mil toneladas. A produção brasileira será de 4,3 milhões de toneladas em 2020, avanço de 8% sobre 2019. Para o ano que vem, a ABPA projeta 4,4 milhões de toneladas.

O forte ritmo das exportações deve se manter em 2021, aponta a ABPA. A projeção é de um aumento que varia entre 4,9% e 10% -- ou seja, entre 1,08 milhão e 1,1 milhão de toneladas embarcadas. O consumo doméstico, por sua vez, deve se manter estável.