Alltech
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Mercado

Em Belo Horizonte (MG), preço de carnes avança até 18% em 2021, com aumento médio de 3,88%

Só houve queda de preço em três dos produtos, picanha, asa de frango resfriada e frango resfriado

Redação com informações de O Tempo
03-Mai-2021 17:32

Preços de carnes bovinas, suínas e de frango avançaram em até 18% entre janeiro e abril deste ano em Belo Horizonte e região metropolitana. 

A informação é de uma pesquisa do site Mercado Mineiro, que classificou os aumentos como “preocupantes” para o consumidor, divulgada nesta segunda-feira (3). Os levantamentos foram realizados em 38 estabelecimentos na Grande BH, entre 28 e 30 de abril deste ano. Há, ainda, grande variação de preços para o mesmo produto no varejo.

O aumento médio nos preços de 35 produtos analisados pela empresa foi de 3,88% no período.

A maior variação ocorreu no valor quilo do frango congelado, de 17,94%, e no da costelinha de porco, de 14,54%. 

Só houve queda de preço em três dos produtos, picanha, asa de frango resfriada e frango resfriado, de, respectivamente, 5,23%, 11,52% e 0,2%.

A pesquisa cita, por exemplo, amplitude de 102% no quilo da picanha, que pode custar de R$37.99 até R$76.90, e no quilo do contra file, que pode custar de R$36.99 até R$59,95, com variação de 62%.

Assuntos do Momento

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade