Yamasa
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie

Escassez de milho eleva preços do frango e ovos em SP

PanoramaBrasil
27-Set-2002 10:25 - Atualizado em 20/04/2016 14:35

Redação AI 27/09/2002 - A escassez na oferta do milho, responsável por mais de 50% dos custos de produção das aves, causará aumento de 20% nos preços do frango e 25% na cotação dos ovos em outubro. A informação é do presidente da Associação Paulista da Avicultura (Apa), Célio Terra.

Segundo o executivo, a partir do próximo mês o preço da ave saltará dos atuais R$ 1,65, para cerca de R$ 1,95. Já a caixa com 30 dúzias de ovos custará entre R$ 30 e R$ 31, contra a média dos últimos meses de R$ 24.

No ano passado, neste mesmo período a saca de milho custava em média R$ 10. Atualmente, o preço chega a R$ 21,35 por saca, de acordo com o último levantamento de preços do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Para Célio Terra, o milho está nas mãos de intermediários, uma vez que a maioria dos produtores já negociou sua colheita.

Segundo ele, apenas uma atitude do governo federal poderá amenizar o quadro crítico.

"É preciso facilitar as importações de milho, reduzindo as alíquotas. Além de criar linhas de financiamento para os produtores de aves e suínos com prazo mínimo de seis meses e máximo de 12, com juros de custeio", disse.

Outra alternativa, segundo Célio Terra, é a liberação do cultivo de milho geneticamente modificado, que reduz custos na plantação e aumenta a produtividade. Outro agravante para a avicultura é que a ração das aves é composta por 75% de milho e suplementada com vitaminas e aminoácidos. Produtos importados cotados em dólar. "Portanto, teremos que repassar o aumento nos custos", afirma Célio Terra.

Segundo o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado ontem, a safra do grão 2001/2002 de verão foi reduzida em 16,38%, e a de inverno em 2,41% em comparação à anterior. E a situação tende a se agravar em 2003. O período de entressafra do milho será de 15 a 20 dias mais longo que o de costume, segundo o analista do setor, Vlamir Brandalizze. "As geadas que afetaram o sul, principal região produtora, vão causar atraso na colheita, ao invés de começar em dezembro, ela terá início apenas em janeiro de 2003." O prolongamento da entressafra manterá os preços do grão em alta, média de R$ 20 a saca. Além disso, caso ocorra uma nova disparada do dólar, os preços podem subir ainda mais.

A situação do milho causa impacto direto em uma outra importante cadeia do agronegócio nacional: a suinocultura.

"Muitos criadores de vão quebrar", afirma o pesquisador do setor de carnes do Cepea, Sérgio de Zen. "Os preços dos animais não estão acompanhando a alta do milho. Só estão aumentando devido à pouca oferta."

Segundo Zen, a única alternativa para a suinocultura é a exportação.

Assuntos do Momento

Presidente da Aurora fala sobre expansão da produção avícola, exportações e perspectivas para 2021
23 de Fevereiro de 2021
Live

Presidente da Aurora fala sobre expansão da produção avícola, exportações e perspectivas para 2021

Neivor Canton irá explicar o projeto de crescimento da avicultura da cooperativa em 20%, destacando ainda a expectativa de ampliar os embarques de frango e carne suína para a China em live às 10 horas no canal TV Gessulli

Fornecimento de ovos diminui na Polônia com crise da influenza aviária na UE
24 de Fevereiro de 2021
Europa

Fornecimento de ovos diminui na Polônia com crise da influenza aviária na UE

Cerca de 5 milhões de aves já foram abatidas na Polônia, o maior produtor de aves da União Europeia, mostraram os dados da inspetoria veterinária local.

AveSui2021_dentro
VBP do agro atinge R$ 1 tri em 2021; avicultura crescerá 22,5%
24 de Fevereiro de 2021
Crescimento

VBP do agro atinge R$ 1 tri em 2021; avicultura crescerá 22,5%

A estimativa do Ministério da Agricultura indica que o Valor Bruto da Produção na pecuária crescerá 5,1% neste ano, puxado por setores como frango, carne bovina e leite

Produtora de carne de frango São Salvador Alimentos protocola pedido de IPO
25 de Fevereiro de 2021
Mercado

Produtora de carne de frango São Salvador Alimentos protocola pedido de IPO

Fundada há mais de quarenta anos, a empresa tem uma capacidade diária de abate de aproximadamente 520 mil aves e vende para mais de 23 mil clientes por mês no Brasil e em 38 países

 

Cobb destaca importância dos ângulos de viragem para melhor eclodibilidade e qualidade do pintinho
25 de Fevereiro de 2021
Dicas Técnicas

Cobb destaca importância dos ângulos de viragem para melhor eclodibilidade e qualidade do pintinho

Por Scott Jordan, especialista em Incubação e Serviços Técnicos da Cobb-Vantress

Copacol  atinge a marca de 2 bilhões de aves abatidas na Unidade Industrial de Cafelândia
25 de Fevereiro de 2021
Cooperativa

Copacol atinge a marca de 2 bilhões de aves abatidas na Unidade Industrial de Cafelândia

O volume acumulado em praticamente 39 anos do início das operações da estrutura industrial demonstra o crescimento contínuo da avicultura na Cooperativa

Mais assuntos do momento