Guia Gessulli
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Revista

Está no ar a edição 1307 da Revista Avicultura Industrial

Confira a nova edição da Revista Avicultura Industrial sobre as dietas específicas a cada fase da ave

Redação
13-Mai-2021 12:05 - Atualizado em 14/05/2021 09:41

A nutrição avícola tem se transformado ao longo dos últimos anos, passando a adotar soluções específicas a cada fase de vida produtiva da ave. Os primeiros sete dias do pintinho são mais do que primordiais para o seu desenvolvimento, sendo inclusive determinantes para a melhoria futura em diversos índices zootécnicos.

Esta percepção dentro do contexto produtivo levou empresas ligadas ao segmento de nutrição e saúde animal a desenvolverem soluções nutricionais específicas, principalmente focadas dentro destes primeiros dias. Estas alternativas são desde a própria ração, com granulometria e nutrientes específicos a esta fase, até produtos ligados a melhoria da saúde intestinal ou redução do risco de contaminação da ração ofertada por micotoxinas, por exemplo.

Um frango de corte tem um ciclo produtivo considerado curto. São 45 dias – ou até menos – para que esteja pronto para o abate. Mesmo em um período de vida pouco superior a um mês, nos primeiros sete dias o seu desenvolvimento corporal mais do que dobra. Basicamente, o seu peso de nascimento irá aumentar em até quatro vezes nesta primeira semana de vida.

O sistema digestivo da ave também se desenvolve rapidamente. Porém, com a seleção de linhagens com características voltadas ao alto rendimento de carne, claramente se cria a necessidade de grandes demandas nutricionais, o que leva a uma elevada capacidade de absorção intestinal de nutrientes. Portanto, ao ofertar uma dieta específica às necessidades nutricionais e que contribua para o desenvolvimento de um microbioma intestinal saudável, se terá condições adequadas para que este pintinho expresse com maior facilidade o seu potencial genético.

Nesta edição, uma matéria especial retrata esta transformação técnica e nas produções de aves a partir de conversas com os técnicos das principais empresas ligadas ao segmento de nutrição e saúde animal. Além disso, traz também um panorama das soluções oferecidas pelas empresas e seus impactos junto ao desempenho produtivo das aves. Confira nas páginas a seguir.

 

Uma boa leitura!

Humberto Luis Marques
Editor Avicultura Industrial

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade