Vale
07-Nov-2017 15:10
Comentário

Estratégias para melhoria da qualidade da casca do ovo - por Juliana Batista

ovos, fotos atualizadas ,
Ovos
Melhorar a qualidade do ovo comercial passa essencialmente pela melhoria da qualidade da casca desse ovo. Com uma casca mais resistente à quebra, além de obtermos aumento do percentual de ovos vendáveis, é possível elevar o tempo de prateleira do produto e refinar suas características internas, atendendo às exigências do consumidor atual.

O ovo é composto pela casca, membrana da casca, gema e clara (ou albúmen). A casca, por sua vez, é composta por mais de 90% de carbonato de cálcio, glicoproteínas, carbonato de magnésio, mucopolissacarídeos e colágeno. Em poedeiras, a partir do pico de produção, observa-se redução na qualidade da casca devido a mudanças fisiológicas e hormonais que afetam a qualidade dos ovos. Importante destacar que com o avançar da idade das galinhas há aumento no tamanho e peso dos ovos, fato que que não é seguido pelo aumento na proporção de deposição de casca. Dessa forma, aves mais velhas apresentam ovos maiores e com espessura de casca reduzida, predispondo à quebra e à piora da qualidade interna do ovo. Além disso, fatores como manejo, condições estressantes, temperatura ambiente, qualidade da água e a nutrição de forma geral impactam fortemente na qualidade da casca.

Com o avançar da idade, além do aumento do tamanho do ovo, outros fatores influenciam na piora da qualidade da casca, como a redução na absorção de nutrientes e retenção do cálcio. Para aliviar esses efeitos e aumentar o rendimento para o produtor, é preciso conhecer a fisiologia da ave e aplicar soluções coerentes à cada fase e problema enfrentado. Trabalhar a qualidade intestinal dessa ave é ponto chave para melhorar sua capacidade absortiva. Para isso, aditivos que atuem diretamente no aproveitamento de nutrientes, melhorando o desempenho e a qualidade de ovo já estão disponíveis. Dentre eles ressaltam-se os ácidos graxos de cadeia curta, vitaminas, minerais orgânicos e ultratraço.

Os ácidos orgânicos são capazes de reduzir o pH do trato digestório e por conseguinte apresentam efeito bactericida e bacteriostático. No entanto, esse efeito depende de fatores como a proporção das formas dissociadas e não dissociadas, o nível de inclusão do ácido orgânico na dieta, capacidade tamponante da digesta, entre outros. Outra função importante dos ácidos graxos de cadeia curta é a capacidade de aumentar as vilosidades intestinais e a nutrição diretamente ao enterócito. Já os minerais ultratraço atuam diretamente na melhora da síntese proteica da matriz de colágeno e os minerais orgânicos apresentam maior biodisponibilidade frente às fontes inorgânicas.

A qualidade da casca de ovo é de extrema importância para a indústria, tendo um grande impacto econômico na produção comercial. Os ovos quebrados e trincados representam uma perda econômica muito significativa, pois cerca de 6-8% da produção comercial se tornam inutilizáveis ??devido à fraca qualidade da casca. Portanto, buscar a melhoria continua nos processos é fundamental para garantir a viabilidade econômica da atividade.

               

Redação

Juliana Batista

Juliana Batista é Médica Veterinária, Mestre em Produção Animal e Especialista em Nutrição Animal, Vaccinar

Deixe seu Recado