AveSui2021
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Assine a Revista Revista Digital Anuncie
Grãos

Exportação de soja totaliza 82,3 mi de toneladas em 2020; embarques de milho somam 33,6 mi de toneladas

Volume de soja representa aumento de 13,56% ante 2019. Com relação ao milho, queda de 18,42% ante o ano anterior.

Broadcast Agro
08-Jan-2021 09:03 - Atualizado em 08/01/2021 09:14

As exportações de soja do Brasil em 2020 totalizaram 82,273 milhões de toneladas, segundo a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec). Em relatório sobre o fechamento do ano, a entidade diz que o volume representa aumento de 13,56% ante 2019. O Brasil exportou ainda 33,608 milhões de toneladas de milho em 2020, queda de 18,42% ante o ano anterior. De farelo, foram enviados ao exterior 16,850 milhões de toneladas em 2020, crescimento de 6,87% na comparação anual. Em dezembro, a Anec contabilizou embarques de 3,913 milhões de toneladas de milho, 1,109 milhão de toneladas de farelo e 89.582 toneladas de soja.

A Anec considera nas suas estimativas números de agências marítimas referentes ao volume efetivamente embarcado nos navios a cada mês, enquanto os dados da Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia tomam como base os registros de exportação e documentos apresentados no embarque.

AveSui2021_dentro

Entre os portos, Santos foi o que movimentou maior volume de soja, milho e farelo, segundo a Anec, com 42,163 milhões de toneladas em 2020, 2,10% acima do ano anterior. Já no Arco Norte, o destaque foi Barcarena, com 13,672 milhões de toneladas exportadas, 28,10% mais do que em 2019.

Quanto aos países compradores, o maior de soja brasileira em 2020 foi a China, destino de 74% dos embarques, seguida pela Espanha (4%). De milho, os dois principais mercados foram Vietnã e Irã, que representaram, cada um, 13% das exportações do Brasil.

Para a semana de 3 a 9 de janeiro, a Anec projeta embarques de 309.588 toneladas de farelo de soja e 976.978 toneladas de milho.