Vale
10-Ago-2017 16:03
Empreendimento

FACTA completa 28 anos e mantém missão de transmitir conhecimentos e tecnologias ao setor avícola

São quase três décadas contribuindo para a evolução da avicultura e fomentando a atividade para o desenvolvimento sustentável

A Fundação APINCO de Ciência e Tecnologia Avícolas (FACTA) completa hoje, 10 de agosto, 28 anos de atuação. Criada com o objetivo de difundir conhecimento sobre a avicultura por todo o Brasil, a fundação é uma organização civil sem fins lucrativos que continua fiel aos propósitos de sua idealizadora e criadora, a APINCO – Associação Brasileira dos Produtores de Pintos de Corte.

Tendo como foco principal o fomento e a transmissão de novos conhecimentos e tecnologias aplicáveis ao desenvolvimento sustentável da avicultura, a FACTA atende seus objetivos realizando eventos de atualização técnica, aperfeiçoando mão de obra operacional e técnica por meio de cursos específicos, divulgando conhecimentos avícolas por meio de publicações especializadas e estimulando a evolução técnica, científica e tecnológica da atividade pela dotação de prêmios de estímulo.

Para Edir Nepomuceno Silva, ex-presidente da WPSA (World's Poultry Science Association) e o primeiro Presidente do Departamento Técnico da Associação APINCO, eleito em 1981, a criação da FACTA foi um processo natural. “Foi necessário para albergar o cabedal de atividades que se acumularam nos anos na difusão de conhecimentos. Estes ultrapassaram a 'qualidade de pintos de corte’ abrangendo todos os segmentos da produção avícola. As publicações dos livros técnicos da FACTA e, principalmente, da sua revista científica indexada e em inglês (Brazilian Journal of Poultry Science) aumentaram a projeção e reconhecimento da FACTA em todo o mundo. O modelo foi copiado e inovado por inúmeras outras entidades brasileiras do setor. Não é modéstia dizer que a FACTA está entre as maiores e mais efetivas entidades técnicas em todo o mundo da difusão do conhecimento técnico e cientifico na avicultura industrial”.

Para a atual Presidente da FACTA, Irenilza de Alencar Nääs, A FACTA sempre pensou para frente, pensou o futuro, levantou coisas novas e tentou buscar soluções para adiantar questões que eventualmente a avicultura pudesse enfrentar. “Esse é o grande ponto da existência da entidade. Então, por isso tudo, a FACTA teve e continua tendo um papel histórico muito importante na avicultura brasileira”, destaca.

2017

Este ano a FACTA já realizou cursos nas áreas de Abate e Processamento e Incubação; os workshops de Manejo de Frangos e Controle de Doenças Respiratórias em Frangos de Corte; além da Conferência FACTA, um dos principais eventos técnicos da avicultura, quando promoveu o “Prêmio FACTA” e o “Prêmio Lamas”. O próximo curso será o "Internacional sobre incubação", nos dias 15 e 16 de agosto, com vagas já esgotadas. Em outubro será organizado ainda um curso sobre Salmonella e Campylobacter e em novembro a FACTA apoiará o V Workshop Sindiavipar, dias 09 e 10, em Foz do Iguaçu (PR), por meio do minicurso “Abate e Processamento”, que abordará temas como as miopatias e o manejo pré-abate, na manhã do primeiro dia de evento.

Além disso, este ano a FACTA também disponibilizou quatro cursos na área de avicultura na plataforma de ensino à distância EAD For US, são eles: Básico de bem-estar animal, Bem-estar na avicultura, Construções rurais e ambiência e Biossegurança.

, ,
1/2
, ,
2/2

Ascom
Deixe seu Recado