AveSui
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Mercado Interno

Faltam ovos no mercado

Pesquisa aponta que devido a alta no preço da carne, brasileiros começaram a consumir mais ovos para substituir proteínas nas refeições

Redação com informações de Metrópoles
25-Nov-2021 09:08

A alta no preço da carne acentuou a falta de ovos nas gôndolas dos supermercados em outubro. O fenômeno se deu porque os brasileiros começaram a consumir mais ovos para substituir outras proteínas nas refeições.

A indisponibilidade de ovos nos mercados subiu em relação a setembro e foi de 16,2%, segundo o levantamento feito pela empresa Neogrid, que presta serviços para a gestão da cadeia de suprimentos. Nenhum produto teve índice tão elevado quanto os ovos no mês passado.

Outro problema para o abastecimento de ovos deriva da batalha que produtores travam com o varejo para repassar o aumento de custos com a ração de animais e com o frete. O diretor de operações da Neogrid, Robson Munhoz, disse que “o abastecimento tende a demorar um pouco mais porque as negociações [entre produtores e o varejo] poderão se estender”.

O aumento no consumo também elevou o índice de indisponibilidade da margarina nos mercados. O número foi de 12,2% em outubro, quase três pontos a mais do que no mês anterior. Por ser um produto mais barato, a margarina virou uma opção mais viável num cenário de inflação acentuada e de perda do poder de compra da população. A Neogrid constatou que houve queda nas vendas de manteiga no período analisado.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade