Mayekawa
19-Mar-2019 15:03 - Atualizado em 20/03/2019 10:36
História

Gessulli Agribusiness completa 110 anos em 2019

Com a edição número zero lançada em outubro de 1909, Chacaras e Quintaes foi pioneira ao trazer informações sobre práticas agrícolas, criações de animais e artigos técnicos traduzidos da europa e produzidos por pesquisadores nacionais

A Gessulli Agribusiness vive em 2019 um ano especial. São completados 110 anos de publicação ininterrupta da antiga Chacaras e Quintaes, que no final dos anos 1960 se transformou na atual revista avicultura industrial.

Com a edição número zero lançada em outubro de 1909, Chacaras e Quintaes foi pioneira ao trazer informações sobre práticas agrícolas, criações de animais e artigos técnicos traduzidos da Europa e produzidos por pesquisadores nacionais, que respondiam a inúmeras dúvidas de seus leitores.

Fundada pelo conde italiano, editor científico e entomologista Amadeu Amidei Barbiellini, a publicação teve ampla circulação não só no brasil, mas também no exterior. Nomes importantes passaram pela revista, como o divulgador científico José Reis, que mais tarde se tornaria o principal nome da difusão científica no país; fundador da sociedade brasileira para o progresso da ciência – SBPC.

Oswaldo Gessulli, avô dos atuais diretores, entrou para a empresa em 1945, quando ela era ainda em São Paulo. Muito amigo do conde Barbiellini, o velho Gessulli, como era conhecido, acabou comprando gradativamente as cotas da empresa dos filhos do conde, falecido em 1955, dando continuidade a linha editorial clara e objetiva da publicação.

No final dos anos 1960, o mundo tinha se transformado em todos os aspectos, inclusive no campo. Os sistemas produtivos se industrializavam e buscavam cada vez mais eficiência e produtividade. A avicultura era uma das atividades com maior desenvolvimento, vivendo um período de expansão e de verticalização de sua produção.

As transformações no meio rural chegaram também à editora, que decidiu segmentar a revista Chacaras e Quintaes focando seu conteúdo em uma única atividade produtiva, no caso a avicultura, passando a se chamar assim: Avicultura Industrial. Deixava de lado também o formato gibi, passando para o tamanho standart, utilizado até hoje.

Na metade da década de 1970, nascia dentro da Avicultura Industrial a revista Suinocultura Industrial, que em 1979 ganharia uma edição própria. Ambas as revistas mantinham, e mantém até hoje, a tradição de difusão científica, com a publicação de artigos técnico-científicos e matérias que debatem os mais diversos aspectos ligados à cadeia produtiva de aves e de suínos, seja mercado, avanços tecnológicos, legislações e tendências.

Com o pioneirismo em seu DNA, a editora lançou no final dos 1990 os primeiros sites direcionados aos setores avícola e suinícola, publicando notícias, artigos, conteúdo próprio e, posteriormente, vídeos. Foi responsável ainda pela organização em são paulo, nos anos 1980, da primeira feira de ambas as cadeias produtivas, criando em 2002 a AveSui, principal feira da indústria latino-americana de aves e suínos.

A Gessulli Agribusiness mantém uma comunicação integrada, com mídias digitais, impressas e feiras. Nesses 110 anos de publicação, iniciadas lá com chacaras e quintaes, a credibilidade e o pioneirismo sempre foi a marca da empresa, hoje alicerçada para seguir firme rumo ao próximo centenário.

Redação AI/SI
Deixe seu Recado