Alltech AI
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie

Governo proíbe importação de aves de países com gripe aviária

Folha Online
23-Fev-2006 16:19 - Atualizado em 20/04/2016 14:36

Redação (23/02/06) - Resolução da agência publicada no "Diário Oficial" da União determina que a partir de hoje fica proibida a importação e a comercialização de carcaças inteiras, cortes, miúdos, produtos cárneos industrializados, ovos e penas de aves desses países.

Nos últimos meses, a doença tem se alastrado rapidamente e o vírus H5N1 já foi encontrado em mais de 25 países da Europa, Ásia e África.
O Brasil até hoje não tinha barrado a importação de produtos desses países porque a doença tem se espalhado principalmente por meio de aves migratórias silvestres.

Além disso, o volume de importação de derivados de aves é muito pequeno. O Brasil é o maior exportador mundial de carne de frango, com 2,762 milhões de toneladas em 2005, que lhe renderam US$ 3,5 bilhões.

A Anvisa explicou, no entanto, que a medida é importante por reforçar as formas de prevenção contra a entrada do vírus no Brasil.

A resolução da Anvisa estabelece que as importações estarão automaticamente suspensas sempre que o site da OIE (Organização Mundial de Saúde Animal) comunicar oficialmente a ocorrência da doença em um país.

Ficam excluídas da proibição de importação apenas os derivados de aves que tenham sido submetidos a algum tipo de tratamento que elimine o vírus da gripe aviária.

Já importações de amostras biológicas de aves deverão submeter-se a desembaraço aduaneiro.

Além disso, o governo também fará fiscalização sanitária em meios de transportes que fizerem abastecimento para consumo de bordo de produtos derivados de aves nos países contaminados.

Esses meios de transporte, como embarcações e aviões, poderão sofre revista sanitária e os restos de alimentos, em caso de desembarque no Brasil, deverão ser submetidos a tratamento.

 

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade