AveSui
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Gripe Aviária

Gripe aviária continua a se espalhar em aves no Reino Unido e na Europa

A Holanda registrou várias infecções em granjas de patos e galinhas poedeiras em quatro províncias nas últimas semanas

Redação com informações de Poultry Network e Meat Institute
16-Nov-2021 08:08 - Atualizado em 16/11/2021 09:10

A Polônia registrou vários surtos de H5N1 altamente patogênico, resultando na perda de aproximadamente 650.000 aves, à medida que os casos continuam a se espalhar pela Europa.

Outro H5N1 HPAI foi confirmado no Reino Unido no início de novembro, em uma pequena granja perto de Bidford, Warwickshire, e um caso em um pequeno santuário de animais perto de Frinton-on-Sea, Tendring, Essex.

Mais aves selvagens foram encontradas na Grã-Bretanha com o vírus.

No total, houve 12 descobertas na semana 44, em comparação com seis na semana anterior.

A Holanda registrou várias infecções em granjas de patos e galinhas poedeiras em quatro províncias nas últimas semanas, com a mais recente sendo galinhas em Lutjegast.

Quatro cisnes bravos selvagens foram encontrados em uma reserva natural no sudeste do país.

E na França, as autoridades declararam uma ordem de alojamento em todo o país - uma exigência regional para abrigar aves estava em vigor desde setembro.

Aves Selvagens

Já houve cinco casos de HPAI H5N1 confirmados em granjas no Reino Unido, mas apenas o surto de Bidford foi considerado em uma instalação comercial, o que provavelmente terá implicações para o comércio internacional.

O último levantamento de aves selvagens da Defra diz que dez aves selvagens foram encontradas com IA na semana passada.

Uma Zona de Prevenção da Gripe Aviária (AIPZ) foi declarada em toda a Grã-Bretanha em 3 de novembro, tornando a biossegurança um requisito legal.

AIPZ

Em uma declaração conjunta, os veterinários-chefes da Inglaterra, Escócia e País de Gales disseram: “Após uma série de detecções de gripe aviária em aves selvagens em toda a Grã-Bretanha, declaramos um AIPZ em toda a Grã-Bretanha.

“Isso significa que todos os criadores de aves devem agir agora para evitar que a doença se espalhe para as aves comerciais e outras aves domésticas.

“Quer você mantenha apenas alguns ou milhares de aves, agora você é legalmente obrigado a introduzir padrões mais elevados de biossegurança em sua granja ou pequena propriedade."

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade