AveSui EuroTier South America Full
07-Mai-2019 11:40
Economia

Indicador Ipea de Investimentos aponta crescimento de 1,1% em março

Alta de 2,1% no consumo aparente de máquinas e equipamentos influenciou o resultado

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou nesta terça-feira, dia 07, o Indicador Ipea de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), que registrou, em março, alta de 1,1% em relação a fevereiro de 2019. Na comparação com março de 2018, o crescimento foi de 1,6%. 

Entre os componentes da FBCF, o consumo aparente de máquinas e equipamentos (Came), que corresponde à produção doméstica líquida das exportações acrescida das importações, avançou 2,1% em março frente a fevereiro, a terceira alta consecutiva. A produção interna de bens de capital líquida de exportações cresceu 1,8%, e a importação de bens de capital aumentou 7,4% no mesmo período.

O indicador de construção civil, outro componente da FBCF, recuou 1,8% em março, na comparação com fevereiro. O terceiro componente do Indicador de Investimentos, classificado como “outros ativos fixos”, também apresentou variação negativa entre fevereiro e março: queda de 0,5%.

O desempenho foi heterogêneo na comparação com março de 2018: enquanto a construção civil registrou variação negativa de 0,7%, o Came apontou crescimento de 3,4%. A maior alta ficou por conta do componente “outros ativos fixos”, que avançou 4,8% ante o mesmo mês do ano passado.

Com esses resultados, o indicador de FBCF encerrou o primeiro trimestre de 2019 apontando alta de 0,6% frente ao período anterior, e de 3,8% na comparação com os primeiros três meses de 2018. No acumulado em 12 meses encerrados em março, o indicador registrou um aumento de 4,4%, sendo que o Came cresceu 12,7% e construção civil recuou 2%.

Redação AI/SI
Deixe seu Recado