Guia Gessulli
08-Mar-2019 10:36
Mundo

Índice de Preços dos Alimentos da FAO sobe 1,7% em fevereiro

Preços da carne suína cresceram pouco, mas carne de aves tiveram queda

O Índice de Preços de Alimentos da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) registrou avanço de 1,7% em fevereiro, alcançando 167,5 pontos. A alta foi impulsionada pelos preços dos alimentos lácteos.  O índice de preços das carnes, por sua vez, subiu pouco, pressionado pelas carnes bovina e suína.

De acordo com a FAO, o índice de preços das carnes registrou uma média de 163,6 pontos em fevereiro, um pouco acima (1,2 pontos ou 0,7%) de janeiro, mas ainda 4% abaixo do mesmo mês do ano passado. Em fevereiro, as cotações de preços da carne de bovino e suína aumentaram, apoiadas por uma procura robusta de importações, juntamente com fornecimentos limitados de exportação de carne bovina, especialmente da Nova Zelândia, e de carne de suíno da UE.

No entanto, os preços das carnes de aves caíram, em grande parte, devido ao ritmo mais lento das vendas externas, enquanto os preços da carne ovina também caíram, refletindo a oferta abundante de exportação da Nova Zelândia.

Redação AI/SI
Deixe seu Recado