Guia Gessulli
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
PIB Agro

Ipea projeta crescimento do PIB agro em 1,5% para 2020

Exportações do agronegócio tiveram alta de 6% no acumulado do ano

Redação
25-Nov-2020 08:17 - Atualizado em 26/11/2020 09:11

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou, nesta terça-feira (24), a Carta de Conjuntura Agro, com projeções do Produto Interno Bruto (PIB) agropecuário para 2020 e 2021. Com base nos dados mais recentes do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e de dados atualizados de produção pecuária e outros, o Grupo de Conjuntura estima aumento para o PIB do setor agropecuário de 2020 de 1,9% no mês de outubro, para 1,5% em novembro. O valor adicionado da lavoura teve seu crescimento revisado de 3,9% para 3,8%, enquanto o da pecuária caiu de -1,5% para -2,0%. Para o componente "outros", que inclui exploração florestal, pesca e aquicultura, a queda projetada também se intensificou, de -6,4% para -9,4%.

Para 2021, o PIB agropecuário deve ficar em 1,2%, um crescimento menor que os 2% que haviam sido projetados em outubro. A atualização foi feita com base no primeiro prognóstico de safra do IBGE, complementados por projeções da Conab, da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e do próprio Ipea. A previsão para o valor agregado da lavoura teve revisão de crescimento de 1,8% para 0,4%. Esta queda se deve principalmente à substituição de parte das estimativas da Conab pelas do IBGE. Apesar de o IBGE também considerar safras recordes de soja (4,6%) e milho (2,6%) no próximo ano, a queda de outras culturas deve compensar parte da contribuição positiva desses dois grãos. Para a pecuária, houve revisão da expectativa de alta de 3,9% para 4,4%. Em relação ao componente "outros", a perspectiva é que a queda passe de -2,5% para -3,5%.

As exportações brasileiras registraram crescimento de 6% de janeiro a outubro de 2020 na comparação com o mesmo período de 2019, impulsionadas pelo açúcar (63%) e carne suína (49%), soja (21%), algodão (21%) e carne bovina (20%). No caso das importações, houve queda de 5% nos dez principais produtos importados, entre eles o salmão (-34%), o malte (-10%), os produtos hortícolas (-8%) e o trigo (-5%).

AveSui2021_dentro

As contratações de crédito rural apresentaram bom desempenho nos quatro primeiros meses do ano-safra 2020-2021, com a concessão de R? 92,3 bilhões de crédito entre julho e outubro, uma alta de 20,6% em relação ao mesmo período do ano passado. Mesmo com a expansão do crédito, a inadimplência segue em níveis baixos.

A apresentação dos dados ocorreu em webinar do Ipea nesta terça-feira, às 14h30, com a participação do presidente do Ipea, Carlos von Doellinger, do diretor de Estudos e Políticas Macroeconômicas do instituto, José Ronaldo de Castro Souza Júnior, além do diretor presidente da Conab), Guilherme Bastos, e do subsecretário de Política Agrícola e Meio Ambiente do Ministério da Economia, Rogério Boueri.

Assuntos do Momento

Presidente da Aurora fala sobre expansão da produção avícola, exportações e perspectivas para 2021
23 de Fevereiro de 2021
Live

Presidente da Aurora fala sobre expansão da produção avícola, exportações e perspectivas para 2021

Neivor Canton irá explicar o projeto de crescimento da avicultura da cooperativa em 20%, destacando ainda a expectativa de ampliar os embarques de frango e carne suína para a China em live às 10 horas no canal TV Gessulli

Fornecimento de ovos diminui na Polônia com crise da influenza aviária na UE
24 de Fevereiro de 2021
Europa

Fornecimento de ovos diminui na Polônia com crise da influenza aviária na UE

Cerca de 5 milhões de aves já foram abatidas na Polônia, o maior produtor de aves da União Europeia, mostraram os dados da inspetoria veterinária local.

AveSui2021_dentro
Produtora de carne de frango São Salvador Alimentos protocola pedido de IPO
25 de Fevereiro de 2021
Mercado

Produtora de carne de frango São Salvador Alimentos protocola pedido de IPO

Fundada há mais de quarenta anos, a empresa tem uma capacidade diária de abate de aproximadamente 520 mil aves e vende para mais de 23 mil clientes por mês no Brasil e em 38 países

 

Katayama Alimentos investirá  R$ 15 milhões em 2021
26 de Fevereiro de 2021
Economia

Katayama Alimentos investirá R$ 15 milhões em 2021

A indústria avícola teve incremento de 40% em seu faturamento de 2020 e anuncia para este ano um aumento do plantel de aves e aposta nas exportações para Ásia e Oriente Médio

Cobb destaca importância dos ângulos de viragem para melhor eclodibilidade e qualidade do pintinho
25 de Fevereiro de 2021
Dicas Técnicas

Cobb destaca importância dos ângulos de viragem para melhor eclodibilidade e qualidade do pintinho

Por Scott Jordan, especialista em Incubação e Serviços Técnicos da Cobb-Vantress

VBP do agro atinge R$ 1 tri em 2021; avicultura crescerá 22,5%
24 de Fevereiro de 2021
Crescimento

VBP do agro atinge R$ 1 tri em 2021; avicultura crescerá 22,5%

A estimativa do Ministério da Agricultura indica que o Valor Bruto da Produção na pecuária crescerá 5,1% neste ano, puxado por setores como frango, carne bovina e leite

Mais assuntos do momento