Alltech AI
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Agricultura

MAPA e Embrapa divulgam cronograma do Zarc para 2022

A Embrapa irá executar o processamento e modelagem dos parâmetros, além de conduzir uma etapa de avaliação dos riscos agroclimáticos de cada cultura

Redação
09-Mar-2022 09:26

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) definiram o cronograma de realização de estudos e publicações das portarias de Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) para o ano de 2022.

Processamento e modelagem - Responsável pela elaboração dos estudos de Zarc, a Embrapa irá executar o processamento e modelagem dos parâmetros de culturas, além de conduzir uma etapa fundamental no processo de avaliação dos riscos agroclimáticos de cada cultura: as reuniões de validação, que terão os cronogramas divulgados no site do Mapa

Sistema - O Mapa dispõe do sistema de Zoneamento Agrícola de Risco Climático (SISZarc), ferramenta que recebe e compila as cultivares recomendadas ao plantio em cada região do país. Os obtentores/mantenedores devem ficar atentos às datas limites para indicação de suas respectivas cultivares para a safra 2022/2023.

Portarias - As portarias de Zarc são publicadas com no mínimo 3 meses para o início do plantio e são elaboradas pela Secretaria de Política Agrícola. O resultado é Publicado no Diário Oficial da União e também podem ser consultados no painel de indicação de riscos: https://indicadores.agricultura.gov.br/zarc/index.htm.

Recomendações - Os agricultores que seguem as recomendações do Zarc estão menos sujeitos aos riscos climáticos e poderão ser beneficiados pelo Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) e pelo Programa de Subvenção ao prêmio do Seguro Rural (PSR). Muitos agentes financeiros só permitem o acesso ao crédito rural para cultivos em áreas zoneadas e para o plantio de cultivares indicadas nas portarias de zoneamento.

Aplicativo Zarc Plantio Certo - Produtores rurais e outros agentes do agronegócio podem acessar através de tablets e smartphones, de forma mais prática, as informações oficiais do Zarc, facilitando a orientação quanto aos programas de política agrícola do governo federal. O aplicativo móvel Zarc Plantio Certo, desenvolvido pela Embrapa Agricultura Digital (Campinas/SP), está disponível nas lojas de aplicativos: iOS e Android.

Novo estudo para soja - O Zarc da soja será reavaliado neste ano visando incorporar as novas indicações do calendário de semeadura e do vazio sanitário. Como principal inovação metodológica serão avaliados os riscos de semeadura conforme o nível de manejo das lavouras.

Práticas - O novo estudo deve levar em consideração: as práticas de manejo do solo; a cobertura do solo; o teor de matéria orgânica; as propriedades físicas, químicas e biológicas do solo e o sistema radicular. A melhoria dessas práticas e condições do solo tem grande importância para o aumento do reservatório de água disponível para a cultura, consequentemente melhora a condição de resistência da planta a eventos adversos.

Demandas - As demandas e sugestões do setor produtivo podem ser enviadas para o e-mail [email protected]. (Mapa)

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade