Mayekawa
10-Mai-2019 14:27
Revista Online

Modernização da inspeção higiênico-sanitária da carne de aves no Brasil

Para executar a validação do novo sistema será necessário o apoio do setor privado, que tem interesse na modernização do sistema de inspeção por vislumbrar possibilidades de redução de custos no processo e melhoria do conceito da segurança dos produtos de aves nos mercados interno e externo

Por Luizinho Caron, Arlei Coldebella, Sabrina C. Duarte e Elenita R. Albuquerque

 

A modernização da inspeção de carnes não é um pleito recente ou nacional. Quando se faz uma busca na literatura verifica-se que desde os anos de 1970 podem ser encontrados na literatura científica artigos de periódicos relevantes internacionais, escritos por autores norte-americanos ou europeus, chamando a atenção para o tema da modernização da inspeção como uma necessidade urgente. No entanto, a modernização dos Estados Unidos da América (EUA) só entrou em vigor em 2011, sendo revista a norma em 2014; já a modernização da norma de inspeção de carnes da União Europeia (UE) entrou em vigor em 2012. Além desses, que são importantes players na produção e exportação de carne de frango, outros países também vêm trabalhando para isso ou já tem um sistema novo de inspeção em operação (Canadá e Chile). Tanto nos EUA como na UE a modernização que continua em fase de implementação foi um processo que consumiu muitos anos de estudos e trabalhos da academia e das autoridades governamentais de saúde pública envolvidas na inspeção.

Leia o artigo na íntegra clicando aqui

avicultura 2019, edição,
Avicultura 2019

Revista Avicultura Industrial
Deixe seu Recado