Alltech AI
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Empresas

Mosaic teve lucro líquido de US$ 372 milhões no 3º trimestre

No mesmo período do ano passado, a empresa americana teve prejuízo

Redação com informações de Valor Econômico
03-Nov-2021 08:31

A americana Mosaic Company, uma das maiores empresas de fertilizantes do mundo, reportou lucro líquido de US$ 372 milhões no terceiro trimestre do ano. No mesmo período de 2020, a companhia teve prejuízo de US$ 6 milhões.

No terceiro trimestre deste ano, a receita aumentou 44% considerado o mesmo período de comparação, e alcançou US$ 3,4 bilhões. O lucro ajustado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado foi de US$ 969 milhões. A margem bruta somou US$ 865 milhões, ante US$ 355 milhões contabilizados um ano antes.

Segundo a companhia, seus três segmentos operacionais de negócios se beneficiaram de um cenário em que os preços dos produtos comercializados compensaram a baixa em volumes. “Os resultados do terceiro trimestre foram os mais fortes em uma década, à medida que nosso negócio se beneficia de um mercado favorável, somado a esforços de transformação”, disse Joc O’Rourke, CEO da Mosaic, em nota.

O executivo destacou entre seus comentários os investimentos em potássio — a retomada na mina de Colonsay (entre o Reino Unido e a Irlanda) e a instalação de Esterhazy K3 — e projetos com potencial para entregar resultados ao longo do ciclo.

“Os esforços da companhia estão gerando um fluxo de caixa significativo, o qual estamos aplicando no negócio, e que vai trazer retorno aos investidores”, disse. A empresa gerou US$ 423 milhões em fluxo de caixa de operações durante o trimestre.

Divisões de negócios

Apenas em potássio, as vendas líquidas totalizaram US$ 589 milhões no terceiro trimestre, acima dos US$ 464 milhões observados um ano atrás. Conforme dito, os preços compensaram volumes, já que foram comercializados 1,8 milhão de toneladas do produto neste ano ante as 2,3 milhões de toneladas vendidas no mesmo trimestre de 2020.

Já as vendas líquidas da Mosaic Fertilizantes (operação no Brasil e Paraguai) totalizaram US$ 1,8 bilhão no terceiro trimestre, ante US$ 1,1 bilhão registrado um ano antes. Em volumes, foram vendidos 3,4 milhões de toneladas, ante 3,6 milhões de toneladas de julho a setembro do ano passado.

A empresa acrescenta, em nota, que a alta em custos na divisão reflete o aumento de preços de matérias-primas como nitrogênio, potássio, enxofre e amônia (os dois últimos utilizados para produzir fosfatados).

A margem bruta da Mosaic Fertilizantes foi de US$ 332 milhões, ante US$ 177 milhões no mesmo período de 2020. Além de preços compensando volumes, o resultado considera “benefícios de transformação, parcialmente compensados por maior custo de matérias-primas, pressões inflacionárias sobre os custos, volumes mais baixos e impactos desfavoráveis da moeda estrangeira”, resume a Mosaic.

Por fim, as vendas líquidas no segmento de fosfatos totalizaram US$ 1,3 bilhão no terceiro trimestre de 2021 ante US$ 745 milhões de um ano antes. A margem bruta foi de US$ 364 milhões em comparação a US$ 22 milhões no mesmo período do ano anterior. A margem bruta por tonelada foi de US$ 198 em comparação com US$ 11 no período do ano anterior.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade