Alltech AI
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
AveSui América Latina

Na América Latina, fábricas de ração expandem mercado através da AveSui 2022

A região de Medianeira (PR) é o ponto central do maior agro cluster latino-americano, abrangendo a proximidade com a tríplice fronteira, os Estados do Sul e o Mato Grosso Sul; todos com forte vocação na produção de proteína animal e/ou grãos

Redação AI/SI
21-Jan-2022 12:00 - Atualizado em 21/01/2022 13:56

Tendo como ponto de partida a região Oeste do Paraná, há uma gigantesca área com forte concentração de produção de grãos e proteína animal. Esse espaço territorial, que abrange os três Estados do Sul do Brasil mais o Mato Grosso do Sul, além da tríplice fronteira (Argentina, Brasil e Paraguai), é o que pode ser chamado de agro cluster. Não só pelos números de produção, mas por todo o expertise em agricultura e criação animal, acompanhado de uma completa cadeia produtiva e canais consolidados de escoamento desta produção, como rodovias, ferrovias e portos.

Os Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, por exemplo, figuram nas três primeiras posições entre os principais produtores de aves e suínos do país. Ambos possuem status sanitário diferenciado, como livre de febre aftosa sem vacinação, possibilitando a exportação de seus produtos a mercados de melhor remuneração. Argentina e Paraguai, e o Mato Grosso do Sul, tem sido um importante fornecedor de grãos para os sistemas de criação animal, minimizando os eventuais déficits registrados por milho e soja na região.

Com investimentos em infraestrutura logística, como a Ferroeste (que irá ligar Maracaju/MS até Cascavel, descendo para Chapecó/SC, e também cortando o Paraná de Paranaguá até Foz do Iguaçu) e a nova Ponte da Amizade (ligando Brasil e Paraguai), o escoamento da safra deve ser facilitado, assim como a distribuição da produção para o mercado externo e/ou mesmo outros Estados. Todo esse processo tem sido acelerado por investimentos privados, como os das grandes cooperativas do agronegócio, que tem movimentado toda a cadeia produtiva de aves, suínos, peixes e leite. Só em 2021, segundo dados da Ocepar, as cooperativas paranaenses aplicaram R$ 4,2 bilhões em diversas atividades do agronegócio, ampliando a demanda por novos negócios, tecnologias e serviços ao longo de toda a cadeia produtiva.

AveSui: ambiente ideal para contatos e negócios

Diante desse ambiente favorável, empresas de segmentos como o de equipamentos para fábricas de ração têm investido na região Oeste do Paraná, principalmente, de olho em todo o mercado latino-americano. Com o crescimento da produção animal, se gera novos níveis de demanda para rações. Só como exemplo, a Frimesa está investindo na construção do maior frigorífico de suínos da América Latina, que terá capacidade de abate de até 15 mil animais/dia quando estiver em operação total. Para abastecer toda essa estrutura, haverá uma clara necessidade de maior produção no campo, o que demanda ração de qualidade.

Muitas empresas ligadas ao segmento de tecnologias em fábricas de ração identificaram na AveSui América Latina, a principal feira da indústria latino-americana de Aves e Suínos, uma oportunidade para acelerar contatos com tomadores de decisões e fechar novos negócios. O evento acontece entre os dias 26 e 28 de abril de 2022, em Medianeira (PR).

Dentre os expositores da AveSui América Latina que atuam com projetos completos e equipamentos para fabricação de ração, já confirmaram a CPM (linhas completas para fábricas de ração, assim como para áreas de biomassa, de óleos de sementes e outras), a Van Aarsen (linhas envolvendo todo o processo fabril de ração animal e específica para peixes, assim como para processamento de soja e outros), a Quality Equipamentos (projetos novos, montagens, reforma e ampliações em fábricas e peças e equipamentos para produção de ração, assim como estruturas para armazenagem), a Equitec (projetos para fábricas de ração, equipamentos e projetos “chave-na-mão), a TMSA (representante da empresa alemã Amandus Kahl com equipamentos como peletizadoras e secadoras para a produção de pellets de ração, biomassa e fertilizantes), a Vantec (linha completa de equipamentos para ração, desde o recebimento da matéria-prima até a expedição), a Só Automação (projetos elétricos, montagens e instalações elétricas, painel de comando e força e sistemas de gerenciamento e automação para fábricas de ração e moinhos de trigo e milho) e a AGPR5 (Softwares de gestão e de gerenciamento de rastreabilidade em fábricas de ração e nutrição animal e sistema de dosagem Batch),

Todas estas empresas estarão apresentando suas tecnologias e inovações durante os três dias de exposição da feira, aproveitando o ambiente de investimentos de todo este agro cluster e o público altamente qualificado que visita o evento.

20 anos de bons negócios

O evento é o mais importante na área de negócios e tecnologias dentro do setor produtivo de aves, suínos e peixes. Em seus 20 anos, a AveSui reuniu mais de 305 mil visitantes qualificados, algo próximo a 3.250 expositores, com a participação de 62 países, e um montante superior a R$ 500 bilhões em negócios gerados. Além disso, o evento oferece uma oportunidade única para a exibição de produtos e serviços. Com a presença de um público focado em negócios, a AveSui 2022 já se prepara para ser novamente o mais tradicional ponto de encontro do setor de proteína animal da América Latina.

AveSui América Latina 2022

Data: 26 a 28 de abril

Local: Medianeira (PR)

Realização: Gessulli Agribusiness

Fone: (11) 4013-1277 / (11) 9 3292-1843

E-mail: [email protected]

Site: www.avesui.com

 

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade