Banner AI - Cobb
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Escassez

Nos EUA, a escassez de frango se aproxima

Aumento da demanda e interrupções na cadeia de abastecimento tornam este momento difícil para licitações

Redação com informações de abc7
03-Mai-2021 08:55

De sanduíches a petiscos, de nuggets a asinhas, alguns americanos estão tendo dificuldade para encontrar sua refeição favorita. Alguns analistas culpam COVID-19 por uma aparente escassez de oferta de frango.

A pandemia fez com que as avícolas reduzissem o número de funcionários e, por sua vez, a necessidade de comida caseira quando os americanos ficavam em casa aumentou a demanda.

"Não tínhamos uma distribuição ideal de frango. Alguns frangos estavam em algumas partes do mundo e precisavam estar em outras partes do mundo. Simplesmente não podíamos mover", disse Ben Kaplan, CEO da TOP Agency uma rede de agências de marketing.

O mau tempo e as quedas de energia nos principais estados produtores de aves, como Texas e Arkansas, só pioraram o problema, de acordo com o National Chicken Council.

Alguns especialistas dizem que o aumento da demanda por frango começou antes da pandemia.

Cadeias de fast-food como o McDonald's, conhecidas por seus grandes Big Macs, relataram que o frango está vendendo "além das expectativas".

E quando Popeyes lançou seu sanduíche de frango em 2019 , os clientes fizeram fila ao redor do quarteirão em restaurantes em todo o país. De acordo com a empresa, 203 milhões de sanduíches de frango Popeyes foram vendidos no ano após seu lançamento, com um local supostamente vendendo 3.582 sanduíches em um dia.

Além disso, as vendas em lojas comparáveis ??da KFC aumentaram 14% no último trimestre, com o CEO da controladora dizendo que a popularidade de seu novo sanduíche de frango, juntamente com um fornecimento cada vez mais restrito, os faz lutar para acompanhar a demanda. As vendas do Chick-fil-A aumentaram 23% e a Bojangles anunciou recentemente uma escassez em 750 locais.

Coletivamente, os restaurantes de fast food tiveram uma queda de 23% no número de clientes durante a pandemia, mas as vendas de fast food com frango frito caíram apenas 6%.

Derrick Blake, proprietário da Wings Take Out, em Little Rock, Arkansas, disse que está sentindo o impacto da escassez.

“Estávamos fechando ao longo do dia porque não tínhamos frango suficiente para ficar aberto”, disse ele.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade