Agroceres Multimix
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Influenza Aviária

Novo surto de gripe aviária é relatado no norte da França

Vários surtos de gripe aviária grave na Europa e na Ásia foram relatados recentemente à OIE

Redação com informações de Reuters
07-Dez-2021 08:46

Autoridades locais no norte da França disseram na segunda-feira que um novo cluster de gripe aviária foi detectado no fim de semana na região, acrescentando que dois possíveis casos adicionais de gripe aviária em granjas estão atualmente sob investigação.

Vários surtos de gripe aviária grave na Europa e na Ásia foram relatados recentemente à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), em um sinal de que o vírus que pode ser devastador para rebanhos está se espalhando rapidamente novamente.

A gripe aviária altamente patogênica, comumente chamada de gripe aviária, é freqüentemente disseminada por aves selvagens migratórias. O primeiro surto em uma fazenda na França foi detectado em 26 de novembro em uma granja no norte do país.

Vários casos já haviam sido detectados na França entre aves domésticas e aves selvagens, o que levou o governo a exigir que os bandos de aves fossem mantidos em ambientes fechados.

Novas medidas de proteção à saúde podem ser adotadas nos próximos dias devido à propagação da doença, afirmaram as autoridades governamentais regionais do Norte.

Uma onda massiva do vírus no inverno passado levou as autoridades a sacrificar mais de três milhões de patos em sua região de criação de patos no sudoeste, conhecida pela produção de patê de foie gras.

A gripe aviária não pode ser transmitida através da ingestão de produtos avícolas, mas os surtos estão aumentando a preocupação entre os epidemiologistas, especialmente à medida que o mundo se recupera lentamente da pandemia COVID-19, porque o vírus pode ser transmitido de um humano para outro.

Assuntos do Momento

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade