Guia Gessulli
AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Avícola Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Ovos Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Comércio

Novos frigoríficos do Brasil são autorizados a exportar frango e suíno para Singapura

ABPA
21-Dez-2016 21:30 - Atualizado em 21/12/2016 21:46

A Agri-Food & Veterinary Authority (AVA), autoridade sanitária de Singapura, autorizou, nesta semana, quatro novas unidades frigoríficas produtoras de carne de frango e uma de carne suína do Brasil a exportar para a cidade-estado asiática.

No caso de aves, são três plantas do Paraná (duas da JBS e uma da Frangos Pioneiro) e uma de Minas Gerais (Vibra Alimentos). De suínos, a unidade recém-habilitada está localizada no Rio Grande do Sul (Cooperativa Languiru)   

As novas autorizações se somam a outras 44 plantas frigoríficas de aves e 23 de suínos que já estavam habilitadas para os embarques de produtos congelados.

Singapura está entre os 10 maiores importadores de carne de frango do Brasil.  Para lá, foram exportadas 89 mil toneladas entre janeiro e novembro deste ano, volume que superou em 20,68% as vendas efetivadas no mesmo período do ano passado.

Para o setor de suínos, o mercado tem peso ainda maior: é o quarto principal destino das vendas brasileiras, responsável pelos embarques de 30,1 mil toneladas do produto made in Brazil entre janeiro e novembro, desempenho 19% superior ao total embarcado nos onze primeiros meses de 2015.

“As novas plantas habilitadas deverão reforçar a presença das exportações de aves e de suínos do Brasil no Sudeste Asiático, o que será primordial para incrementar os resultados dos embarques de 2017”, ressalta Francisco Turra, presidente-executivo da ABPA.

Assuntos do Momento

Preço do quilo frango vivo tem cenários diferentes nas principais praças
20 de Setembro de 2021
Análise de Mercado

Preço do quilo frango vivo tem cenários diferentes nas principais praças

Segunda quinzena de setembro fechou sua primeira semana com contrastes no preço do frango vivo; em Santa Catarina ocorreu uma forte queda; já no Paraná, ligeira alta e nas demais praças houve estabilidade.

Preços do milho seguem tendências distintas entre regiões, mas recuos prevalecem
20 de Setembro de 2021
Insumos

Preços do milho seguem tendências distintas entre regiões, mas recuos prevalecem

De acordo com colaboradores do Cepea, a liquidez segue baixa, com muitos compradores ausentes do mercado – esses agentes sinalizam ter estoques, pelo menos para curto prazo, e estão à espera de novas desvalorizações

Competitividade da carne de frango frente à suína é a menor em 9 anos
17 de Setembro de 2021
Mercado

Competitividade da carne de frango frente à suína é a menor em 9 anos

Levantamento do Cepea mostra que, na média deste mês (até o dia 15), a diferença entre a carcaça especial suína, também comercializada na Grande São Paulo, e o frango inteiro é de apenas 1,19 Reais/kg

China compra até 6 cargas de soja do Brasil para outubro/novembro, dizem traders
16 de Setembro de 2021
Exportação

China compra até 6 cargas de soja do Brasil para outubro/novembro, dizem traders

Os acordos foram assinados em momento em que terminais de exportação ao longo da Costa do Golfo dos Estados Unidos, na Louisiana, o polo de transporte de grãos mais movimentado do país, têm buscado se recuperar de danos

Menor demanda e sobras de ovos pressionam valores
20 de Setembro de 2021
Queda

Menor demanda e sobras de ovos pressionam valores

Além da retração no consumo, a maior oferta, principalmente de ovos menores, também contribuiu para o cenário baixista

Custos de produção de frangos de corte e de suínos ficam mais caros em agosto
21 de Setembro de 2021
Embrapa

Custos de produção de frangos de corte e de suínos ficam mais caros em agosto

Tanto o ICPFrango quanto o ICPSuíno voltaram a ficar acima da barreira dos 400 pontos, chegando aos 407,53 e 407,15 pontos, respectivamente

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade