Mayekawa
22-Ago-2019 11:16
América Latina

Peru cria plano para erradicação da doença de New Castle

Serão estabelecidos postos de controle e medidas de biossegurança para entrada nas áreas de produção de aves

O Ministério da Agricultura e Irrigação do Peru informou que o primeiro comitê zonal da região de Lima foi formado para erradicar a doença de Newcastle e melhorar a segurança alimentar dos produtos avícolas.

O chefe do Serviço Nacional de Sanidade Agropecuária (Senasa), Ing. Pedro Molina, juntamente com os representantes do setor avícola das províncias de Huaura, Huaral e Barranca assinaram o compromisso que tem como objetivo final, atingir a primeira livre da doença no Peru

A implementação do plano piloto denominado “Plano Zonal para a Erradicação da Doença de Newcastle e Controle da Segurança em Produtos Avícolas” inclui a participação de aproximadamente 204 fazendas, incluídas na seção costeira das três províncias de Lima, nessa área, 4550 pequenos produtores de aves.

O plano piloto inclui vacinação, ações de biossegurança, vigilância epidemiológica por amostragem e controle da mobilização das aves.

As ações de controle de mobilização de aves e produtos derivados serão realizadas em dois postos de controle que serão implementados nas extremidades norte e sul dos distritos de Paramonga e Ancón, onde as cargas serão inspecionadas em conformidade com as exigências da OIE de declarar Zonas francas da doença de Newcastle.

Até o momento, o Senasa também coordena com as autoridades edile das jurisdições acima mencionadas e autoridades regionais a execução deste plano piloto para a erradicação da doença de Newcastle (ENC).

Caroline Mendes/Redação AI
Deixe seu Recado