Eurotec
27-Fev-2020 09:01
Disponible en español
Sanidade

Perú realiza campanha de vacinação contra Newcastle

Medida sanitária inclui a aplicação de dois tipos de vacina: uma aplicada através de colírios (vacina viva) e outra subcutânea (vacina inativada) em aves a partir de um dia de nascimento.

O Ministério da Agricultura e Irrigação do Perú (Minagri) realizará uma campanha de vacinação gratuita de fevereiro a outubro, com o objetivo de proteger 280.000 aves da doença de Newcastle na região de Ica.

Essas atividades fazem parte das ações de prevenção realizadas pelo Serviço Nacional de Sanidade Agrária (Senasa), como braço estratégico do Minagri nas províncias de Ica, Chincha, Pisco, Palpa e Nasca. A vacinação é destinada a pássaros no quintal e galos de combate, porque eles são mais vulneráveis ??à doença.

A doença de Newcastle está sob controle oficial no Peru, de acordo com o Decreto Supremo nº 010-2003-AG, e dentro das estratégias também serão treinados questões de biossegurança, boas práticas de criação e ações complementares para a prevenção de doenças aviárias, bem como notificação de suspeitas ou ocorrências de saúde.

A medida sanitária inclui a aplicação de dois tipos de vacina: uma aplicada através de colírios (vacina viva) e outra subcutânea (vacina inativada) em aves a partir de um dia de nascimento.

Da mesma forma, recomenda-se cumprir as rigorosas medidas de biossegurança, entre elas que as pessoas devem trocar de roupa e sapatos ao entrar na caneta, apenas aves saudáveis, vacinadas contra a doença de Newcastle e evitar o contato com as aves devem entrar no local. Doentes e seus donos.

Durante 2019, a autoridade sanitária agrária vacinou 281 612 pássaros no quintal e brigou, conseguindo beneficiar 7340 famílias de pequenos e médios criadores de pássaros.

Redação AI
Deixe seu Recado