Mayekawa
15-Mar-2019 09:50
Cotação

Preços dos ovos continuam estáveis na primeira quinzena

O avanço das cotações em fevereiro limita novas altas neste mês, visto que a população pode não absorver preços ainda mais elevados

De acordo com os dados divulgados nesta sexta-feira (15/03) nos primeiros 15 dias de março, as cotações dos ovos seguem em patamares semelhantes aos registrados no mês de fevereiro, frustrando as expectativas do setor.

Com o início do período de Quaresma, no último na quarta-feira (06/03), agentes esperavam que as vendas aumentassem e impulsionassem os preços da proteína, como observado em anos anteriores, mas isso não foi concretizado até o momento.

Em fevereiro, os ovos negociados em Bastos (SP) tiveram forte valorização frente a janeiro: para o produto branco tipo extra, a alta foi de 41% e para o vermelho, de 51%, em termos reais (valores deflacionados pelo IPCA de fevereiro/19).

Conforme colaboradores do Cepea, o avanço das cotações em fevereiro limita novas altas neste mês, visto que a população pode não absorver preços ainda mais elevados. Além disso, alguns granjeiros relatam que a produção está maior frente à do mesmo período do ano passado, o que também tende a dificultar novas valorizações.

Na parcial de março (até o dia 14), a caixa com 30 dúzias de ovos brancos tipo extra é comercializada a R$ 82,77 em Bastos, valor 4% maior do que o registrado em fevereiro. Para o produto vermelho, o preço médio na parcial deste mês é de R$ 102,37/cx, estável na mesma comparação.

Redação AI
Deixe seu Recado